NA WEB
    Google+

    NÃO SE ESCARRA NA BOCA QUE TE BEIJA

    Por em junho 6, 2013

    por @thigusoares

    imageEm todos os meus poucos e bem vividos vinte e cinco anos, sempre fui Flamenguista. Como um apaixonado por futebol, muito cedo comecei a compreender o que um sócio do Flamengo poderia fazer. Sempre considerei o ato de escolher o Presidente do Flamengo, um ato nobre e por vezes, mais importante do que votar pra presidente da república.

    Cresci e acabei percebendo que esse sonho não era assim tão barato. Mesmo assim ele persistia. Nunca me senti menos Flamengo por isso, mas me sentia menos feliz, pois não conseguia fazer parte da vida política de meu clube, e ajudar a mudar as coisas. E continuava caro, principalmente para quem saiu de Botafogo pra morar em Vila Isabel. Utilizar o clube seria raro, mas planejava minhas contas para que essa despesa pudesse caber em meu orçamento.

    IMG_0044Mesmo não sendo sócio, mesmo pertencendo à plebe Flamenga, fiz campanha e atuei como pude para a eleição de uma nova diretoria que, pelo que aparentava, pela primeira vez tinha a noção do real valor dos 40 milhões de plebeus apaixonados. Chorei, acompanhando pelo Twitter e ouvindo pelo rádio o momento da libertação do Flamengo. Novos tempos viriam.

    Vieram com algumas bolas dentro e alguns tropeços. Ninguém falou que seria fácil. Bem verdade que achamos que os carecas fossem Deuses, e que da noite para o dia tudo seria ajeitado. Não foi. Não será. Mas algumas falhas não podem acontecer.

    flamengo caixaNosso tão badalado marketing conseguiu fechar os prometidos patrocínios e temos um fluxo de pagamento de dívidas aparentemente planejado e saneado, ponto pros caras. Com essas responsabilidades, perdemos dinheiro, mas ganhamos em credibilidade. A partir desse aspecto surge um projeto sonhado e desejado por plebeus como eu!

    Seria apresentado o programa de Sócio Torcedor. Tremi, perdi o sono, surtei, mesmo sabendo que seria um programa “marromeno”, que eu ainda não teria o meu tão sonhado direito ao voto. Depois da apresentação do programa, notei que não existiam assim tantas vantagens. Ok, os descontos são bons e sabendo usar, a mensalidade é quase zerada em descontos. Ainda assim, era quase uma doação. Uma assinatura de um cartão de descontos para que meu clube ganhasse dinheiro. Pensei que fosse a hora de fazer minha parte. Fiz meu pequeno sacrifício, assinei e ainda fui com outros amigos assistir ao jogo contra o Campinense em Juiz de Fora comemorar nossa ajuda. Mais de vinte mil pessoas fizeram o mesmo. Mais de vinte mil dispostos a doar, sem contar o potencial de doadores…

    keep-calm-and-culpe-o-estagiario-5Pouco antes ou pouco depois desse jogo, não recordo exatamente, notei uma mancada absurda no Twitter por parte da equipe de divulgação do programa. Se a fase fosse ótima, passaria batido. Mas sabe quando teu relacionamento não vai bem e sua namorada(o) fala alguma coisa em um tom que não cai bem? Foi mais ou menos assim, mas deixei passar. Pode ter sido coisa de “estagiário”.

    Seria motivo para olhos voltados e atentos de nossa diretoria, seria preciso corrigir o tom da campanha ou controlar melhor esse tipo de gestão de mídia. Mas ainda assim, foi um acontecimento aonde um lado tava de humor mais ou menos e aí você acha que até foi rigoroso demais.

    morenoPouco tempo se passou, manto novo vendendo aos tubos, torcida lotando jogo como visitante a preços nada plebeus e o programa de Sócio Torcedor/Doador ainda em crescimento. Tivemos nesse espaço a contratação de nosso primeiro jogador via ST. Chegava à Gavea um bom centroavante de pai falastrão, mas já havia dado resultado.

    Começou o Campeonato Brasileiro e a compreensão sobre futebol de nosso técnico continuava ininteligível. Jorginho parece ter sido outra coisa de “estagiário”, o problema é que ele é o estagiário em questão. Bola pra frente, estamos tentando ter paciência, afinal, fora de campo, os caras vêm acertando bastante.

    imagetpmO problema amigo, é que fase ruim no futebol é pior que TPM. Pense em falar para sua patroa a mesma coisa que você disse pra ela quando a mesa se encontrava só “jururu” quando ela está na TPM virada no Samurai! Não é mancada, é burrice e incompetência! Pense em fazer isso na frente de outras amigas de TPM então, é suicídio! Você já tinha sido grosso antes, mas passou, era contornável, havia alguma boa vontade, mas errar novamente?

    PARE DE RECLAMARDesrespeitado e triste! Desrespeitado e triste, pois uma campanha assim é chantagista, é absurda! E olha que faço parte do programa! Me sinto triste pois militava em busca de outros doadores e você me apronta uma dessas? PORRA, FLAMENGO! Dá pra tentar aguentar o Jorginho, o péssimo futebol, o Renato Abreu sendo uma anta de proporções paquidérmicas, mas isso não dá! Se a diretoria não tem nada a ver com essas mensagens, está errado do mesmo jeito, pecando por omissão! O programa é fundamental e não crescerá com essas idiotices. Ele já é suficientemente ruim, mas estou disposto a acreditar. Desde que vocês não escarrem na boca que beija o Flamengo!

    torcida_flamengo_richardsouzaPensei em cancelar meu programa, não o farei! Refletindo e de cabeça fria, cheguei à conclusão de que essa não é a melhor forma, mas vou militar para que esse programa ao menos trate seus plebeus com respeito e decência! O Flamengo precisa de mim e vou permanecer ajudando, mas não vou me calar! Respeitem a todos que são Rubro Negros. Sócios, Torcedores e Doadores. Temos todos o mesmo valor! Tratem essa Nação com o respeito que ela merece!

    Por fim, se não for pedir muito, demitam o Jorginho e tragam alguém para que permaneçamos, sem sustos na série A esse ano, eu entendo que esse ano é pra ajeitar a casa, mas dignidade e calma é fundamental. Respeito é o básico!

    Saudações Rubro-Negras!

    Thiago Augusto Oliveira

    Thiago Augusto Oliveira é tão Rubro Negro quanto qualquer um dos 40 milhões de torcedores do Flamengo espalhados pelo mundo.

    Nota: O técnico Jorginho foi demitido logo após o fechamento do texto acima.

    5 Comments

    1. @Cazonatti

      6 de junho de 2013 at 10:35

      Que texto fodaraço!
      Muito bom!
      Muito bom MESMO!

      SRN
      Cazô

    2. Rafael Cappola

      6 de junho de 2013 at 10:52

      Excelente texto!
      O jeito é torcer pra que dias melhores venham, porque ultimamente está difícil!

      SRN

    3. Katlem Coelho

      6 de junho de 2013 at 15:49

      Além de tudo isso muito bem colocado pelo Thiago, existe uma mídia feroz e mutios “entendidos” e não apaixonados pelo Flamengo, insiste em querer “apagar ” todas as honras e glórias que só Flamengo tem. A presidencia e toda diretoria precisa reagir IMEDIATAMENTE . Diante aos resultados a Nação sofre e os inimigos e não simpatizantes aplaudem. Parabéns Thiago! Uma vez Flamengo .Flamengo até morrer…

    4. edson silva

      6 de junho de 2013 at 16:31

      Cara, vc definiu o sentimento de todos ontem. Eu assistindo o jogo, doente com força, podendo estar repousando o monte de remédios que venho tomando. Mas não! Perder acontece,mas nunca vi um time tão sem vibração como ontem, pode não ser dos melhores, más os que enfrentamos até hj são bem piores. também aderi apenas por ajudar, pois o único beneficio que obtive foi o ingresso do jogo Campinense x Flamengo. Seria um ótimo sinal de humildade admitir que as mensagens no placar e no twiter foram um erro e se desculparem com a nação.

    5. Tuts

      6 de junho de 2013 at 19:02

      Só não entendo pq o programa não possibilita que as pessoas com menos poder aquisitivo não podem ajudar seu time tb, R$ 40,00 pra um cara que ganha salário mínimo faz falta d+, deveria ter cotas de R$ 10,00 p/m com direito somente a uma carteirinha do programa sócio torcedor, tenho certeza de que a arrecadação seria muito maior.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.