NA WEB
    Google+

    QUEM QUER RIR, TEM QUE FAZER RIR !

    Por em junho 9, 2013

    foto3O atual momento no futebol Rubro Negro tem mexido com os nervos da torcida que está ávida por vitórias! E para uma torcida que criou um grande movimento que conseguiu por fim a era de gestões amadoras, colocando no poder profissionais egressos do mercado com potencial de transformar o parquinho na Disneylândia Brasileira, o desejo de vitórias tornou-se algo parte do pacote da conquista azul.

    E se deixamos o carioca passar batido e acreditamos na decisão de mudança de técnico, nada mais justo que iniciar um campeonato tranqüilos de que vitória não seria moleza, mas não seria catastrófico ! Ta difícil fazer rir ! Nos vemos agora diante de alguns questionamentos: a culpa é do técnico ou de quem o escolheu?

    Mas se a culpa é de quem o escolheu, não seria culpa nossa que os escolhemos para tomar estas decisões? Não dá para iniciar uma caça as bruxas, ou será um efeito dominó, o qual também estamos na fila !

    Se acreditamos que o profissionalismo que assumiu a Gávea era a solução dos nossos problemas, continuaremos a apoiar, e esperamos que falhas sejam rapidamente reconhecidas e solucionadas. Acima de qualquer qualidade profissional, está a capacidade de entender que não somos donos das verdades absolutas ! É preciso reconhecer, o quanto antes, que errou, admitindo o erro, mesmo que isso represente os danos causados, mas o torna digno e respeitado pelas pessoas. O segredo do sucesso em qualquer âmbito da vida, está na conquista do respeito e confiança daqueles que apostam no seu potencial.

    Seguiremos acreditando, mais uma vez, que teremos nosso futebol regido por alguém que possa nos trazer vitórias. Porém, é preciso alinhar a expectativa com quem permanecerá no comando. Porque futebol, não é lugar para estrela, e sim para constelação.

    Nota 1: Publicado originalmente na página 6 do Jornal Mais de 09/06/2013

    Nota 2: Esse texto foi concluído antes da vitória de 3×0 do Flamengo sobre o Criciúma no dia 08/06/2013.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.