NA WEB
    Google+

    TRÊS LISTRAS, TRÊS GOLS, TRÊS PONTOS

    Por em junho 9, 2013

    Climao-Criciuma-Flamengo-Alexandre-Araujo_LANIMA20130608_0053_47As rádios de Criciúma variavam sobre o mesmo tema: era obrigação do Tigre vencer o esfacelado e conturbado Flamengo. Um repórter chegou a dizer que era dia de estabelecer um placar histórico, antes de relacionar meia dúzia de jogadores rubro negros que, a seu juízo, não teriam vaga nos aspirantes do Criciúma. Esse era o clima no Heriberto Hülse lotado uma hora antes do jogo, um caldeirão amarelo e preto fervendo contra um resistente foco Flamengo lá no canto. Resistente e prestes a comer pelas beiradas.

    noticia_62556_foto_977890gDeu-se o clichê: além dos nomes, o Flamengo portou-se como Flamengo. Levou de vencida as primeiras divididas, enervou o adversário e aproveitou sua instabilidade oriunda da inferioridade numérica e moral para marcar 1×0. Poderia ter feito o segundo em estocada de Paulinho, mas esperou pelo início do segundo tempo para marcar com Gabriel o gol que fez do resto do jogo uma lição que não sei se o repórter prepotente poderia aprender. Independente das circunstâncias, o Flamengo somos nós e somos fortes. Lá do foco de resistência rubro-negra veio o berro ouvido no resto do estádio: – Silêncio!

    QQAAAL6N_EG4TSviVRH2jlCw82sgalxrc-bXREYe2oo-3LptaQqKiqARVJ3cqWcuGEmqp8gPlVd5mWVskfHrDdxr7JIAboKOCIgBf1I9tUS3xcP3AJtU9VBe2oLVzY_INsDnjbhg8exchVwdVQEu aguardava por essa vitória desde 1982, os mais velhos ou curiosos haverão de resgatar o motivo. Era preciso vencer o Criciúma dentro do Heriberto Hülse de modo incontestável, e tanto melhor que tenha sido com um punhado de jogadores medianos. Só para manter o respeito e as coisas em seus devidos lugares.

    Criciúma x Flamengo - BrasileirãoEu aguardava também pela primeira atuação digna do reenlace com a Adidas. E com o jogo já definido, pude curtir com uma cerveja gelada a volta das três listras, os três gols e os três pontos. Bom retorno, Adidas. Tu, que foste embora como quem nunca devia ter saído, em um campeonato obscuro sem Maracanã. Tu, que voltaste para ser um pilar na reconstrução do Mais Querido. Tu, que testemunharás a reconquista de tudo que maus rubro-negros botaram a perder.

    09jun2013---jogadores-do-flamengo-comemoram-gol-de-hernane-na-vitoria-do-flamengo-sobre-o-criciuma-pelo-campeonato-brasileiro-1370725497839_300x300De repente não era mais um Flamengo conturbado e esfacelado. Era um Flamengo vestindo Adidas e vencendo. Era um Flamengo se impondo, porque viu no foco de torcedores a comprovação do que cantamos de peito aberto: onde estiver, estarei. Era um Flamengo doutrinador, com três listras, três gols e três pontos. E, citando José Lins do Rego e parafraseando Nelson Rodrigues: Era o Flamengo. E bastava dizer que
    era o Flamengo. O resto é paisagem.

    One Comment

    1. ALDAIR

      10 de junho de 2013 at 17:20

      Adorei este post, parabéns!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.