NA WEB
    Google+

    FRASES QUE UM LEGÍTIMO RUBRO NEGRO NÃO PODE DIZER

    Por em junho 20, 2013

    Nós, flamenguistas, somos reconhecidos mundialmente pela nossa paixão irrefreável e pela fidelidade que temos ao Clube. Quando o Fla joga, não é um time que entra em campo. É um clube, uma camisa com 117 anos de história, infinitamente maior do que qualquer um dos jogadores que estão em campo. Esse é um dos meus combustíveis para ir ao estádio apoiar o meu time. Não importa se o jogo é com o Mesquita, segunda-feira, às quatro da manhã, em Fernando de Noronha. Não interessa se é para cumprir tabela. E daí que é time misto? Aquele Manto Sagrado Rubro Negro está em campo e é isso o que me leva à arquibancada, seja no Maracanã, seja na Etiópia… porra, isso é Flamengo!!!

    Nesse contexto, tem algumas coisas que eu ouço de certos torcedores que chegam a doer meus ouvidos, coçam minha língua para falar alguma coisa. Algumas delas, qualquer torcedor apaixonado acha discutível; outras são exclusividade de doentes como eu e o Mércio. Mas, pensa bem, boa parte delas desqualificaria seu autor da definição de “torcedor apaixonado”. Vou apresentar agora as 14 mais recorrentes:

    muro_pichado_flamengo_gavea_fabioleme0214ª posição – “Quero meu Flamengo de volta”: Amigo, vou te contar um segredo: o seu Flamengo nunca foi embora, sempre esteve aqui. Onipresente, que nem Deus. O Flamengo a que você se refere não é aquele pedaço da arquibancada com um belo escudo no meio, encravado entre o Leblon e a Gávea. Aquilo é só a representação concreta da nossa abstrata paixão. O Flamengo sou eu, é você. Somos todos nós. Se o Flamengo gigante que você espera não anda dando as caras, tenha certeza de que a culpa também é sua. Então, não queira o Flamengo de volta. Ele já está aqui. Faça-o ficar do tamanho que você deseja. Ajudando. Apoiando. Torcendo. Participando. Não espere os outros fazerem a sua parte. Faça a parte dos outros e a sua. O Flamengo campeão ou em crise é o mesmo. Só precisa de mais ou menos ajuda, de acordo com a situação.

    1286687884076_f13ª posição – “O time está apanhando direto, vou ao estádio fazer o quê?”: Fala sério, o cara que diz isso, parafraseando meu amigo Sorín, merece ganhar uma TV de 100 polegadas e o pacote do pay-per-view vitalício para todos os campeonatos. Não importa se o time está bem ou mal, interessa que é Flamengo! O Flamengo é muito maior do que qualquer fase ruim!

    mulher-brava-size-59812ª posição – “Minha mulher encheu tanto o meu saco que até fiquei em casa…”: Casou errado, amigo! Se você vive com uma mulher que torra tua paciência toda vez que você vai para o jogo, teu destino está selado: ou você vai se divorciar dela, ou do Flamengo. Paralelamente, você pode ser infeliz para sempre. Se você ainda não é casado, pense nisso. Radicalmente falando, o Flamengo chegou à sua vida bem antes de sua pretendente. Portanto, ela tem que se adaptar ao seu amor rubro-negro e não o contrário.

    misto quente11ª posição – “Não vou nada, é time misto…”  Não vai mesmo. Fica em casa! Pelo amor de Deus, fica em casa!!! Na minha singela opinião, você só quer ver o Flamengo vencendo. Se há algum risco disso não acontecer, você foge. Mas vai pra fila correndo se o Flamengo tiver vencido os quatro últimos jogos e for enfrentar o lanterninha…

    0003t5r710ª posição – “Amor, você é mais importante do que tudo na minha vida” – Fale isso e você acabou de dar um trunfo para sua namorada, esposa, noiva, etc, para ela vetar alguma ida sua ao estádio. Exemplo: Flamengo x Olaria no Maracanã e visita da sua sogra na sua casa. Certamente, ela vai argumentar: “Ué, você não falou que eu sou mais importante do que o Flamengo, então fica em casa.” Algumas mais radicais, resguardadas nessa sua frase infeliz, podem até mesmo determinar o seu afastamento total dos estádios.

    9ª posição – “Vou lá pedir um autógrafo para o Renato Santos” – Renato Santos, caso você leia esse blog (acho difícil), saiba que não é nada pessoal, foi só um exemplo. Poderia ser o Zico ou o Júnior.  É que eu acho absurdo ficar babando pelos jogadores. Eles são funcionários, remunerados pelo clube, para fazer aquilo.zagueiro-renato-santos-participa-de-jogo-do-flamengo-no-engenhao-1353892233981_615x300 O amor que, eventualmente, algum deles demonstre pelo clube, você demonstra todos os dias. Isso vai fazê-lo ser mais respeitado por mim, mas jamais me fará pedir autógrafo ou ficar puxando assunto com ele no aeroporto. Quase todos os meus retornos de viagem são no vôo da delegação e eu NUNCA pedi autógrafo para ninguém. Para não falar que eu nunca me dirigi a nenhum deles, já dei um esporro no Imperador, pois ele estava na poltrona atrás da minha me dando joelhada o tempo todo. Minha opinião é terminativa: o grande patrimônio do clube é a torcida, então se alguém tem que pedir autógrafo para alguém, são eles que têm que pedir a mim. E um dia isso vai acabar acontecendo…

    torcedor-do-flamengo-se-veste-de-anjo-para-incentivar-a-equipe-na-partida-contra-o-sao-paulo-no-engenhao-1350843227971_1920x10808ª posição – “Ficou difícil, acho que não dá mais” – Seja sincero, quantas vezes você falou isso esse ano? E em 2007? E em 2001? Não faz mal, o brasileiro é pessimista mesmo… só lembre que, acima de brasileiro, você é flamenguista e, nessa condição, você tem a obrigação aquiliana de ser otimista, pois você torce para um time de chegada, comprovadamente.

    7ª posição – “Uhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh”: Se você não entendeu, o título desse tópico são vaias. Pense bem: você sai da sua casa, gasta seu precioso tempo e dinheiro, enfrenta fila, perde tempo no trânsito, entra no estádio, paga caro, para chegar lá e vaiar o time ou algum jogador específico? Quer vaiar? Tem onze caras do outro time, um juiz, dois bandeiras, em última instância tem o falecido(?) Eurico Miranda. Não gaste suas vaias com o seu próprio time. Não vai ajudá-lo a jogar melhor, por mais que você pense o contrário.

    1981-ingresso_fla_cobreloaGrd6ª posição – “Você é maluco de ir. Os caras estão ricos e você fica aí jogando seu dinheiro fora”: Se vier de torcedor rival, é despeito. Mas, se o autor for rubro-negro, é digno de pena. Pensa bem: para você ver sua novelinha em casa, você não paga luz? Ou é de graça? Para ir ao zoológico, a entrada é gratuita? Então, você gasta dinheiro para tudo e alguém lá no fim da cadeia está acumulando o seu e o dos outros. Se você se preocupar com isso, você não faz mais nada na vida. Gasto o meu dinheiro mesmo, é meu e eu trabalhei duro para ganhá-lo, logo, posso fazer com ele o que eu quiser e é isso o que eu quero fazer. Faça o mesmo com o seu sem me julgar.

    Marcelo Moreno - EFE5ª posição – “Até desanimei, o Marcelo Moreno não vai jogar”: Partindo desse pressuposto, agora que o Adriano, por exemplo, vai pro Inter, você vai trocar de time, certo? Passou dois anos torcendo pra Udinese, confere? Ou então, vai deixar de torcer pro Flamengo se o seu jogador favorito rumar para a  Europa? Vai começar a ir aos jogos do Milan, ou sei lá que time, para vê-lo jogar? Nunca se esqueça: no momento, seu jogador favorito pode ser a estrela do time, mas o futebol é dinâmico e amanhã ele pode ter que falar que é uma honra vestir a camisa do Fluminense, que o Flamengo é passado, blá, blá, blá… já o Flamengo é eterno, nunca vai deixar de ser Flamengo e é muito maior do que qualquer jogador.

    VASCO-VICE4ª posição – “Gostei de o Vasco ser campeão, o futebol do Rio tem que se fortalecer”: Nunca diga isso!!! Você quer o futebol do Rio forte? Torça para que suba o Duque de Caxias. Para o Macaé ou o Madureira. Se Vasco, Fluminense e Botafogo estiverem bem, a gente vai tirar sarro de quem na segunda-feira? O Flamengo ganhou, mas eles também… ninguém caiu para a gente poder sacanear por um ano… que merda! Então, esquece essa história de que os outros times têm que estar fortes para valorizar as nossas conquistas. O título brasileiro de 2009, só pra ficar em um exemplo, foi conquistado contra os maiores times do Brasil, quer eles sejam paulistas, cariocas ou mineiros, a procedência é irrelevante. E, por exemplo, se o Fluminense vai pra final da Libertadores, a gente ia escutar até 2040: “Na Libertadores, vocês não arrumam nada, já a gente vai sempre longe”. Para eles, sempre é de 30 em 30 anos, e longe é perder mais à frente para sofrer mais, mas ainda assim me incomoda.

    3ª posição – “Tem casamento da minha filha”: Essa é radical, eu sei, mas por outro lado,vejamos: a tabela hoje em dia sai com grande antecedência, dezembro e janeiro quase não tem jogo, enfim, se ela realmente quer que eu a leve para o altar, que marque o seu casamento para um dia que o Flamengo não jogue. Comemoração de aniversário segue o mesmo script. Azar de quem nasceu no começo de maio ou de dezembro (finais do Estadual e do Brasileiro). Já para o evento morte, meu argumento é outro: já morreu mesmo, vai mudar se eu estiver lá velando? O único enterro que eu não posso faltar é o meu.

    1286687884076_f2ª posição – “Joguei 40 reais fora”: Relutei em colocar essa frase em segundo lugar, pois ela merecia até melhor sorte nessa lista. É seguramente a maior prova de que o autor dela só é flamenguista quando o time ganha. Pergunto: o Flamengo foi à sua casa te oferecer o ingresso? Alguém te obrigou a comprá-lo? Você estava ali ameaçado de morte? Então, não reclama!!! Na verdade, você, que deve ter passado o jogo todo vaiando e reclamando, deixou um torcedor sem ingresso, porque você acordou cedo e foi para a fila, enquanto o verdadeiro flamenguista estava trabalhando. Não importa se o Flamengo ganha ou perde, ainda assim é Flamengo nessa caralha!!!

    a-maior-torcida-do-mundo1ª posição – “Depende do jogo de quarta”: Essa é imbatível!!!!!! O idiota que associa sua presença no estádio ao resultado da partida anterior deveria ter de comparecer à delegacia ou ao hospício em todos os dias de jogo do Flamengo, só para eu não correr o risco de ver o jogo do lado dele. Veja bem: se o Flamengo perdeu o compromisso anterior, ele precisa mais ainda de você para apoiá-lo. Porque todo mundo sabe que o combustível para as vitórias do nosso time é o grito da torcida. O pior é saber que, normalmente, esse cara faz o seguinte: O Flamengo ganha na quarta, quinta de manhã, ele (que não faz nada para ninguém) vai para a fila, compra o ingresso que deveria ser meu, que vou a todos os jogos e, se bobear, tenho que perder uma fortuna para o cambista porque ele, que só iria ao jogo se o Flamengo ganhasse, ROUBOU meu ingresso, subtraindo meu sagrado direito de ir ao jogo, independentemente do resultado de quarta. Aí, para coroar, se o Flamengo não ganha, ele fala: “Joguei 40 reais fora” Aí, ele vai tomar porrada…

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.