NA WEB
    Google+

    A VIDA IMITA A ARTE

    Por em agosto 29, 2013

    ELIAS MITOVai Moreno! Faz Moreno! Quem não se lembra do já infame vídeo do marketing para captar novos membros para o Nação Rubro Negra?

    Não era o Moreno, era Elias. Não era a final do Mundial, eram as oitavas de final da Copa do Brasil. Mas ontem a vida imitou a arte. E pra colocar o pingo final de ironia no espetáculo, esse gol do Elias acabou mostrando que nem sempre colocar o dinheiro acima de tudo funciona como a diretoria (com seus mais do que justos motivos) vinha fazendo.

    Teria o Cruzeiro sido covarde como foi se não tivéssemos quase 60 mil rubro-negros em nossa casa? Teria o time do Flamengo o fôlego final que teve pra tentar um último recurso se não estivesse sido apoiado durante todos os outros 88 minutos por essa massa alucinada?

    20130829032338_265Era mata-mata, é verdade. Os pobres continuam fora do estádio, é verdade. Mas também é verdade que ontem (como sempre foi e sempre será) o torcedor fez a diferença e por isso temos que ter muito cuidado quando analisamos o clube apenas como gerador de lucro.

    Espero apenas que este jogo tenha mostrado mais uma vez para a competente diretoria de que o torcedor tem que estar acima de tudo. Esse torcedor que é maltratado de todas as formas possíveis antes, durante e depois dos jogos merece coisa melhor. Merece um programa sócio-torcedor decente e que funcione, merece ser tratado com respeito pelo marketing do clube e (como o dinheiro está curto) merece um time que minimamente não dê vexame dentro de campo.

    20130829032454_623Sei que o Nação Rubro Negra vai melhorar muito e essa diretoria tem tudo para fazer isso acontecer. Mas fica o recado: A fórmula de sucesso é muito simples e ficou na cara depois de ontem: Jogos em casa, ter um time competitivo e ser um programa que cumpre o que promete.

    O time continua péssimo, ainda vamos passar muita dor de cabeça esse ano mas quem sabe ontem tenha sido o pontapé inicial para todos nós entendermos os passos necessários pro Moreno fazer o gol do Mundial?

    3 Comments

    1. Jorge Antonio Coutinho Ferreira - 64

      29 de agosto de 2013 at 16:15

      Com o devido ‘pés no chão’, ontem faltou “classe”, faltou “categoria”, faltou “tranquilidade”, mas… MAS… MAS, sobrou “raça”, sobrou “vontade de vencer”, sobrou “entuasiasmo da torcida”. E é isso que torna o MENGÃO, o mais querido, o mais respeitado, o verdadeiro ‘afilhado’ de São Judas Tadeu (protetor das causas dificieis). Não sei a diretriz a ser seguida, a partir de agora, pelo treinador, pela Diretoria ou mesmo pelos ‘jogadores’. Talvez, uma verdadeira LIÇÃO. De qualquer sorte, para eles e para todo o mundo, restou a BELEZA proporcionada pela ‘TORCIDA DO MENGÃO’. A ela, todo o RECONHECIMENTO, toda a MAGIA, todo o JUBILO de ser: UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO. FLAMENGO SEMPRE EU HEI DE SER.

    2. Leonardo Lima

      29 de agosto de 2013 at 18:25

      Hoje vou ser menos crítico e mais torcedor, nossa como vou bom ouvir todos os programas esportivos, resenhas, etc.. Como é bom ver todos sem graça, arrumando justificativa para “improvável” classificação do flamengo.
      Foi muito bom também ver os jogadores do então “salve, salve, bandeira nacional” Cruzeiro admitirem que sentiram a pressão do 12º jogador do mengão (A maior torcida do mundo a nossa).
      Por fim, nada como ver o clima de alegria na cidade com a vitória marcante e que vai dar moral, confiança e respeito por parte dos adversários. Diretoria, vocês entenderam que o lugar do flamengo é no Rio de Janeiro e consórcio numa renda de DOIS MILHÕES E DUZENTOS MIL MAIOR PÚBLICO NO ESTÁDIO O PROTAGONISTA E ÚNICO CLUBE CAPAZ DE LOTAR O MARACANÃ, RECEBER 700 MIL REAIS(600 MIL COM POR CONTA DE UMA PENHORA, PROBLEMA NOSSO).
      ISSO É CAFETINAGEM, O´MARACANÃ SEM O FLAMENGO VAI FEDER A PEIXE OU VOCÊS ACREDITAM MESMO QUE FLUMINENSE E BOTAFOGO VÃO DAR O MESMO RETORNO ? O QUE VOCÊS ESTÃO FAZENDO É UM ABSURDO COM A MAIOR TORCIDA DO MUNDO.

    3. VARNEYJOSE

      29 de agosto de 2013 at 20:26

      Era adolescente quando li uma crônica do genial NELSON RODRIGUES sobre um jogo em que o FLAMENGO com um time infinitamente inferior, vários desfalques e remotas chances de vitória,conseguiu um resultado surpreendente e se tornou mais uma vez campeão…
      Na descrição de NELSON RODRIGUES, as camisas jogavam ocas como se vestissem espíritos e se multiplicavam em campo empurradas pelo grito da torcida, impedindo que o adversário visse a cor da bola !!
      Através dos tempos assisti várias partidas em que essas camisas mágicas jogaram…ontem foi uma delas.
      Não importa se não era uma final de campeonato ! pra mim só interessa saber que a magia continua em vigor, e que as camisas estão lá vestindo a alma da torcida, correndo atrás do resultado até conseguir alcança-lo…
      É MUITO BOM SER FLAMENGO !!!

      Sdçs RN

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.