NA WEB
    Google+

    FEIJÃO COM ARROZ, MAS COM TEMPERO CASEIRO

    Por em outubro 3, 2013
    Foto: Agência Estado

    Foto: Agência Estado

    Como é bom ver o Flamengo, mesmo com um time limitado, jogar que nem homenzinho, sem aquele medinho escroto e covardia típica dos Manos, Jorginhos e demais defuntos! Melhor ainda é vencer a segunda partida consecutiva, quebrar tabu e constatar que o Jayme, na tranquilidade e humildade, acertou posicionamentos e não gosta de inventar moda. Sim, ganhar fora de casa, principalmente lá no sul, não é costumeiro. Mas, convenhamos, pegamos outro gato mole pela frente. O Coritiba vem descendo a ladeira e foi muito bom empurrá-lo ainda mais para baixo, pois era mais uma partida que valia 6 pontos.

    Ah… dá até pra começar a sonhar com… Opa, calma lá! Pezinhos no copochão e nada de euforia! Degrau por degrau, no sapatinho máximo, a gente vai subindo na tabela. Demos uma respirada, mas nada que nos permita estar tranquilos, afinal, estamos apenas a 8 pontos da zona fatídica. Ih, mas não é que são também 8 pontos que nos separam do G4!? Então, depende da forma como você enxerga, emocionalmente, o copo meio cheio ou meio vazio…

    O que vemos hoje é um Flamengo fazendo o básico. Feijão com arroz, mas com tempero caseiro. Time atrás da linha da bola, criando mais, se defendendo sem afobação, mais organizado e, porque não dizer, jogando bem? Sem mágica, sem invenções mirabolantes, soberba ou estrelismo. Um time que vai ganhando confiança, superando suas deficiências e que pode, surpreendentemente, nos dar alegrias que, até um tempo atrás, sequer imaginávamos. Embala, Mengão!

    *     *     *

    CORITIBA 0 X 2 FLAMENGO

    Local: Couto Pereira, Curitiba (PR)
    Data-Hora: 02/10/2013 – 21h50 (de Brasília)
    Árbitro: Paulo Cesar de Oliveira (Fifa-SP)
    Auxiliares: Cristhian Passos Sorence (GO) e Jose Javel Silveira (RS)
    Cartões amarelos: Germano, Bill (CTB) e Chicão (FLA)
    Cartões vermelhos: Germano 38’/2ºT (CTB)

    GOLS: André Santos 46’/1ºT (0-1) e Wallace 4’/2ºT (0-2)

    CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz, Luccas Claro, Chico e Diogo; Marcos Paulo (Emerson Santos 7’/2ºT), Germano, Robinho e Alex; Vitor Júnior (Maykon 7’/2ºT) e Bill (Lincoln 36’/2ºT). Técnico: Péricles Chamusca.

    FLAMENGO: Paulo Victor, Léo Moura, Chicão, Wallace e João Paulo; Amaral, Elias, Carlos Eduardo (Luiz Antonio 34’/2ºT) e Andre Santos (Cáceres 26’/2ºT); Hernane (Marcelo Moreno 45’/2ºT) e Paulinho. Técnico: Jayme de Almeida.

    0 Comments

    1. Jorge Antonio Coutinho Ferreira - 64

      3 de outubro de 2013 at 01:19

      Embora veja algumas falhas gritantes do nosso ‘JAYME’, concordo com a assertiva de que vimos um ‘feijaozinho com arroz’ neste ultimo jogo do FLA. Pessoal, era notoria e gritante a falta de ‘folego’, do Carlos Eduardo e do André Santos, ainda no 1º tempo. Veio o inicio do 2º tempo e a mesma coisa acontecia. Por que o Jayme não colocava o Luiz Antonio no jogo? Era medo, falta de confiança, ou querira ‘promover esses dois espoliados (hic hic hic)? Vencemos, graças a São Judas Tadeu, e conforme disse no comantario anterior, É CRUCIFICANTE ver o jogo dessa equipe. Torcemos, torcemos e torcemos e vamos continuar a torcer, mas esse elenco não merece tal sacrificio.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.