NA WEB
    Google+

    O NOSSO CAMISA 10

    Por em novembro 3, 2013

    info_1360605336O título da coluna de hoje pode nos remeter ao Gabriel, que hoje veste o manto e não tem ido muito bem. Pode também, e mais coerentemente, nos fazer lembrar do nosso Galinho, que tanto honrou e eternizou esse número. Mas eu vou falar mesmo é do jogador que hoje atua na posição que deveria ser de um camisa 10: Carlos Eduardo.

    Se ao ler esse primeiro parágrafo você ficou com vontade de parar de seguir essas mal escritas linhas, por preguiça ou por raiva, peço um pouco de paciência. O assunto é sério e a gente precisa discutir o jogador mais polêmico do nosso elenco.

    É muito comum ouvir os torcedores xingando o Cadu. Vaias, então, já fazem parte de sua rotina de apresentações. Mas parece que até mesmo os torcedores que perdem a paciência com o jogador, começam a perceber que ele possui características importantes para o atual momento do Flamengo.

    Carlos Eduardo é o único jogador do Flamengo que consegue cadenciar o jogo. Ta bom, muitas vezes ele cadencia em demasia, mas a importância de ter quem o faça é enorme. Elias usa muito de velocidade, assim como Paulinho e Rafinha. Luiz Antonio joga com a força que possui e outros como Adrian e Bruninho ainda não se firmaram. Resta o Cadu.

    Os meus amigos costumam implicar comigo por defendê-lo, mas talvez só agora eles estejam entendendo que não defendo o jogador em si, mas sim a necessidade de utilizá-lo. Não temos nenhum jogador similar no elenco. Vamos com ele até o fim. Não quero que renovem com ele, nem acho justo o alto salário que recebe. Mas só quero que ele saia do time quando existir alguém que possa desempenhar a sua função com um mínimo de qualidade e experiência.

    1105708_carlos-eduardo-no-flamengoTenho certeza que, nessa fase final, quando a torcida se soma ao time em campo e fica difícil perceber onde começa uma ou termina o outro, o Cadu terá o nosso apoio incondicional. Assim espero. Veste o manto, portanto é mais um membro da Nação.

    Quando a temporada acabar, se Deus quiser com a Copa do Brasil na nossa sala de troféus e a vaga para a Libertadores de 2014 assegurada, nossos dirigentes saberão fazer o melhor para o nosso time, nos proporcionando mais opções confiáveis para a posição. Mas enquanto isso é Cadu e mais dez, mesmo que as vezes isso signifique passar momentos do jogo somente com esses outros dez.

    Vamos com tudo que essa vaga tem que ser nossa!

    0 Comments

    1. Walkírio Silva

      3 de novembro de 2013 at 08:45

      Carlos Eduardo “cadencia” o jogo, pode até dar uma “tranquilidade enganosa no meio de campo”, MAS SEU DEFEITO É : Tá com a bola dominada e ao invés de partir para o campo adversário, ELE TEIMA EM JOGAR PARA O MEIO, congestionando assim o nosso ataque e propiciando um contra-ataque do adversário. É por isso que a galera pega no seu pé.

      • Felipe Foureaux

        4 de novembro de 2013 at 17:20

        Não discuto a fase do Cadu, Walkirio. Você está certo. Mas temos que ter a consciência que pegar no pé dele não resolve, pois não temos quem colocar no seu lugar. Abraços e continue com a gente

    2. Helcio Maia

      3 de novembro de 2013 at 10:34

      Prezado Felipe:
      No caso do Carlos Eduardo, ele é o menos culpado da história toda, e,em assim sendo, o toleramos enquanto ele tem folego, o que,aliás,pra idade dele esta muito abaixo do normal.
      Concordo com você no que concerne a cadenciar jogo, mas só tocar bola para os lados é irritante.
      Acredito que se ele jogasse 10% do que disseram e nós esperávamos, já aceitaríamos para o momento.
      Agora, temos que falar também do outro camisa 10 que consegue ser pior do que o cadu.
      Sua displicência, negligência e incompetência destroem nossos nervos.
      Não sei sua idade, mas sou do tempo em que haviam jogadores técnicos e os que não eram tão técnicos assim, porém, estes treinavam fundamentos (que não exige técnica apurada) e, acima de tudo,tinham garra, determinação, respeito a instituição e a sí próprios, efetivamente o que não temos nos dias de hoje.
      Hoje não temos jogadores técnicos, nem a segunda opção. Temos peladeiros que nem os fundamentos mais simples do futebol conseguem executar.
      Agradeço a oportunidade.
      Helcio Maia

      • Felipe Foureaux

        4 de novembro de 2013 at 17:21

        Hélcio, o Gabriel nem merece um post dedicado a ele. Um abração!

    3. VARNEYJOSE

      3 de novembro de 2013 at 11:14

      Muito por culpa da expectativa formada em torno de seu nome, que incluia uma lenda sobre jogos fantásticos em que teria atuado muito bem (que ninguem viu), CADU é o alvo da insatisfação da torcida com um time que não ganha títulos e por isso ainda não convenceu…
      Agora com chance crescente de vencer a COPA/BR, todo elenco passa a ser justamente estimulado pela MAGNÉTICA na esperança de ver mais uma vez o FLAMENGO CAMPEÃO !!
      Tecnicamente CADU jamais corresponderá a fama de crak com que foi contratado (problemas psico/físicos) mas suas últimas atuações justificam o otimismo que o AMIGO FELIPE tem por ele…
      Uma análise bastante benevolente pode comparar o estilo de CADU em reter a bola, com ZINHO que tornou famoso o movimento “enceradeira” que desempenhou com sucesso por toda sua carreira e o levou a CAMPEÃO MUNDIAL/94 !!
      Antes da empolgação natural aos autenticos rubonegros me levar a maiores elogios a CADU, digo do meu desejo sincero de ve-lo brilhar nas próximas partidas que nos darão a imensa alegria de gritar mais uma vez FLAMENGO É CAMPEÃO !!!!

      SdçsRN

      • Felipe Foureaux

        4 de novembro de 2013 at 17:23

        Varney, é exatamente isso! Um abraço

    4. Bruno Azevedo

      3 de novembro de 2013 at 19:48

      talvez se o Flamengo não tivesse queimado etapas em relação ao Adryan teriarmos um camisa a altura do manto sagrado e ñ um jogador q só sabe cadenciar o jogo.

      • Felipe Foureaux

        4 de novembro de 2013 at 17:24

        Nunca enxerguei esse futebol todo no Adryan… Espero queimar a língua. Abraços

    5. Claudio Nogueira

      4 de novembro de 2013 at 09:13

      Quando o Carlos Eduardo entregar uma partida ou um gol pela sua apatia e como disseram CADÊNCIA do meio campo vão me dar a razão!!!!!!!!

      • Felipe Foureaux

        4 de novembro de 2013 at 17:25

        Calma, Cláudio… Não roga praga pra gente, hehehe!! Um abraço e continue por aqui.

    6. Claudio Nogueira

      4 de novembro de 2013 at 09:15

      Parei tambem…………. não foi aqui q já li que estão elogiando a PIOR contratação desde os tempos de BORGHI, DELACIR só para citar esses.

    7. Sidney Bastos

      4 de novembro de 2013 at 23:45

      Tem gosto pra tudo! Mas do Carlos Eduardo ainda não vi nenhum RN dizer que gosta dele! Esse papo de “cadenciar” o jogo é a maior balela, o cara não corre, não marca, não se desloca, “num” nada”!
      Falta a ele o principal num jogador do Flamengo, vontade, garra, correr até o fim! Nesta semana morreu Liminha, meio-campo de um passado relativamente recente e que até pouco era funcionário do Flamengo.
      Por que lembrei do Liminha? Porque era o símbolo de uma época, assim como foi todo aquele que deu o sangue em campo!
      Rezo para que esse ano acabe, porque o elenco foi MUITO mal montado e o exemplo do Digão é mais que claro! Se o Leo Moura não joga é um tormento! Isso sem falar na lateral esquerda!
      Também não gosto muito do Adryan pelo pouco ou nada que mostrou até agora, mas acho que uma boa sequência de jogos poderia dar a ele mais experiência, quem sabe?
      O fato é que o Carlos Eduardo NADA acrescenta!
      E fica o desafio: Quem seria capaz de citar UMA ÚNICA jogada importante do citado jogador, por exemplo, contra o Flor????

      • Felipe Foureaux

        5 de novembro de 2013 at 17:06

        Sidney, meu amigo, confesso que não lembro. mas lembro de algumas jogadas dele que foram boas, como no jogo contra o Atletico PR (que perdemos) e contra o Santos. Enfim, essa é minha opinião! mas é normal que um jogador com todas essas características levante tantas opiniões diferentes. Um abração!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.