NA WEB
    Google+

    ÔÔÔÔÔ… VAI PRA CIMA DELES DE FORMA CONSCIENTE MENGÔ… ÔÔÔÔÔ…

    Por em novembro 6, 2013

    Joga a mão pro alto quem tá em clima de oba-oba.

    Eu estou. Afinal a soberba e a arrogância são parte inalienável do rubro-negro. Aí se a gente tem vantagem e o jogo é no Maracanã abarrotado, como conter a euforia?

    E o pior é que Eu Sei o que Nós Já Fizemos em Verões Passados. Claro que não estou acometido de nenhum lapso de memória. Não há uma única vez em que converso sobre a Final da Copa do Brasil 2013 que não me lembre de certa noite em que jogamos contra uns tais mexicanos.

    080507libertadores_f_012Naquela oportunidade cada um fez o seu trabalho. Os cucarachas lá embaixo fazendo gols e eu combinando na arquibancada a viagem da semana seguinte para Santos, aonde jogaríamos um jogo que nunca existiu.

    Não há de ser isso que vai me consertar.

    Sou um rubro-negro razoavelmente requisitado a manifestar minha opinião. E confesso que na maioria das vezes pareço até um porta-voz robotizado e programado pelo mais cauteloso dos técnicos. Quando a pergunta vem do povo do arco-íris então, mando na lata: “Ainda não ganhamos nada… O adversário chegou até aqui é porque tem méritos… Precisamos ver é no campo como as coisas vão correr…”

    E não é falsidade. Juro pelo Flamengo, que é o que há de Mais Sagrado na face desse planeta. É que é uma versão mais amena de “O Médico e o Monstro”. Minha racionalidade sabe que no futebol moderno o bicho pega mesmo é lá nas quatro linhas. Sabe que muitas vezes um time aguerrido é capaz de viradas inacreditáveis. Sabe, e por experiências dolorosas, que o Salto Alto traz geralmente em seu bojo Quedas Altas.

    Aí entra meu coração. Com esse aí não tem conversa. Pra esse Monstro só a imagem das filas gigantescas e as manchetes que estampam “INGRESSOS ESGOTADOS” já resolveram o jogo. Ele faz um pacote bem amarrado com frases do tipo “com a vantagem construída no primeiro jogo seria de bom tom nossos laterais só saírem na boa”; “precisamos jogar com o regulamento embaixo do braço”; “os primeiros vinte minutos serão decisivos para cadenciar o jogo e manter posse de bola” e arremessa para bem longe.

    maraca fla x goias 2009

    Feito isso usa como argumento para otimismo uma única coisa:

    É O FLAMENGO NESSA PORRA!!!!

    “Tamo” junto, amigo leitor?

    Então vamos pedir duas coisas para nossos atletas, guerreiros, carregadores de todo o sonho que ainda nos resta em 2013.

    A primeira? Garra, foco, entrega, disposição, disciplina tática, atenção, blá, blá, blá…

    A segunda? Tenham consciência de que nada está ganho ainda. Alguém nesse Universo Rubro-Negro precisa pensar assim com sinceridade. E querem saber de uma coisa. NÃO CONTEM COM A NAÇÃO NESSA PARTE. Na nossa cabeça o adversário já é o Grêmio ou o Atlético. E isso só até a definição da Final. A partir desse exato momento, na madrugada de quinta-feira, nós torcedores já estaremos na Libertadores.

    Arrogância?  Sim. É nosso jeito de te amar, FLAMENGO.


    CURTAS

    ESQUEMA TÁTICO. Sou bom nessas coisas não. Ainda bem que pelo visto o Jayme é, mas não fica encantado achando que é algum tipo de gênio. Vai mandar o time pra campo sem ficar inventando muito. Pode ser até fruto da minha ignorância, mas não acho mesmo que técnicos de futebol aprenderam sua profissão na mesma escola do Harry Potter.

    TODOS UNIDOS. Modinhas ou não, hoje é dia de todos os tipos de torcedores se juntarem e realizarem mais uma festa sem precedentes no New Maraca.

    TODOS UNIDOS II. Os limites do Maracanã são poucos. Dia de Festa da Nação do Oiapoque ao Chuí. Noite de muita angústia e recalque da arcoirisada. Alguém tem dúvida de que dez da noite eles estarão na frente da TV e banhados de tolas esperanças?

    6 Comments

    1. Virei Adulto

      6 de novembro de 2013 at 08:23

      muito bom aqui, meeengo!

    2. sorin

      6 de novembro de 2013 at 08:30

      “Tamo” junto. Inveja… eu ainda não Virei Adulto…. e olha que já estou até careca.

    3. VARNEYJOSE

      6 de novembro de 2013 at 08:55

      E DA-LHE MENGOOOO!!!!!!!

    4. Jorge Antonio Coutinho Ferreira - 64

      6 de novembro de 2013 at 14:29

      Sem essa de ‘puxar prá baixo’, meu caro Sorin! Não quero nem saber quem pariu o Goias; o que eu quero mesmo é gritar GOOOLLLLL do MENGO. Respeito, sim. Receio e Medo, NÃO. HOJE, PRA MIM, O MENGO TEM QUE IR PRA CIMA DESDE O APITO INICIAL. E ARRASAR DE LOGO COM ELES. AFINAL, NOSSA GLORIA E TRADIÇÃO NÃO COMPORTA UM TIME MEDROSO. VAMÔ, QUE VAMÔ, MEU MENGOOOLLLLL……

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.