NA WEB
    Google+

    DO ÓCIO DO OFÍCIO À EMBAIXADA

    Fla-Bahia da Nação

    Por em novembro 20, 2013

    Foi na estréia do Mais Querido, em um não tão distante Campeonato Carioca, no bar Ócio do Ofício na capital baiana que três amigos deram início àquela que seria uma das 5 primeiras Embaixadas do Clube de Regatas do Flamengo.

    Confira na íntegra a primeira da série de entrevistas sobre as Embaixadas da Nação.

    1f473727c28731715894dc971ea8562bComo nasceu a Fla-Bahia?

    Em 25 de janeiro de 2007, na estréia do Flamengo no Campeonato Carioca, quando três amigos se encontraram para assistir ao jogo Flamengo x Cabofriense no Bar Ócio do Ofício, estavam alguns dos personagens que hoje são figurinhas carimbadas em todos os jogos do Flamengo. Ganhamos o jogo por 2 x 0 mas o que valeu mesmo foi que a partir daquele momento, em todos os jogos do Mengão, estamos reunidos fazendo uma grande festa. Já a partir do segundo jogo, contra o Americano, William Leão (um dos três), estava com logomarca e a primeira camisa criada homenageando o Rei Zico. À medida em que os jogos iam acontecendo, novos integrantes chegavam e como tudo o que envolve o Flamengo, quando menos esperávamos, na final da Taça Guanabara contra o Botafogo, o bar já recebia o excelente público de mais de 200 pessoas, e então tivemos a noção de que a coisa estava se agigantando. A partir dali, a FLABAHIA começava a ser procurada por diversos rubro-negros de todas as regiões da cidade.

    Qual a missão da Fla-Bahia?

    Transmitir todos os jogos do Flamengo, custe o que custar. Nossa luta é árdua, diária. Sofremos com o preconceito por não torcermos para os times locais, por não termos a possibilidade de estar no estádio em todos os jogos do Flamengo, mas mesmo assim vale a pena, esta é nossa missão.

    Ser Embaixada Oficial em Salvador é como se estivéssemos vivenciando o Flamengo em toda a sua plenitude, com a responsabilidade de exaltar seu nome, e lutar com todas as forças pela defesa de seus interesses, sem receber nada em troca, apenas pelo desejo de ver nossa paixão correspondida.

    Quantos membros possui a Embaixada?

    Atualmente 233 sócios.

    Como é cadastrado um novo membro no grupo?

    Através de ficha cadastral em nosso site, ou pessoalmente no Via Brasa (local onde nos reunirmos).

    Qual a relação da Fla-Bahia com o clube na gestão atual?

    Boa. A diretoria do Clube tem deixado claro que todo o foco nesse início de gestão está na arrumação da casa, na busca pelos ajustes fiscal e financeiro, da imagem da instituição como um todo. Desta maneira, entendemos que as poucas demandas que surgiram foram atendidas, e classificamos como boa a relação.

    Segundo o conceito de Embaixadas, quando o projeto iniciou a parceria seria da seguinte forma: as embaixadas funcionariam de maneira autônoma, e o clube apenas apontaria as diretrizes a serem seguidas. Acontece desta forma?

    Sim, acontece. A nova diretoria ainda não fez nenhuma reunião com as Embaixadas (a primeira deve acontecer em novembro), e até lá, as coisas continuam como antes.

    Com a chegada do programa Sócio Torcedor, foi realizado algum trabalho da instituição junto a embaixada? Independente deste trabalho, a embaixada teve alguma iniciativa junto à seus membros incentivando a adesão ao programa? Conseguem mensurar quantos membros fazem parte do programa?

    Fez. No Encontro das Embaixadas da Nação do Nordeste em julho último (VI Encontro, realizado anualmente pela Flabahia nos jogos do Flamengo em Salvador), o clube enviou o coordenador do Projeto das Embaixadas, Rodrigo Sabóia, para ajudar na organização do evento e divulgação do programa Sócio Torcedor. Por intermédio do Clube tivemos patrocínio da Ambev, e no evento distribuímos muitos brindes que foram enviados pelo Dep. de Marketing do Clube aos torcedores e Sócios Torcedores que estavam no evento. Também durante o evento foram entregues ingressos gratuitos a Sócios Torcedores que foram beneficiados pelo programa, e que receberam a comunicação do Clube para retira-los em nossa sede. Antes disso, a Flabahia já fazia campanha para incentivar nossos membros a aderir ao programa, tanto que imaginamos que mais da metade dos associados da Embaixada já tenham aderido. No nosso site e em nosso aplicativo para smartphones tem link direto para o programa, além da ampla divulgação que fazemos em nossas redes sociais.

    Fla_BahiaQuantos de vocês (membros Fla-Bahia) são sócios do clube? Participam e atuam na vida política?

    Dos diretores, 4 são sócios (Já votaram na eleição de 2012), e 2  foram eleitos para o CoDe. Nosso único envolvimento é pelo voto. Institucionalmente não tomamos partido por grupo A ou B, por entender que esse não é papel de uma Embaixada. Além disso todos fazem parte do programa ST Nação Rubro-negra. Não sabemos quantos membros não diretores são sócios.

    Qual a função de cada um de vocês dentro da Fla-Bahia?

    Não temos funções totalmente definidas. Cada um faz de tudo um pouco, mas algumas coisas são mais específicas. Lucas e Marcelo ficam com a parte de e-mail, sites e redes sociais, Tiago fica com controle financeiro (crédito/débito/fluxo de caixa), Paulo, Emerson e Vinicius fazem um pouco de tudo isso, além de organização, contatos e negociações de eventos. Vinicius mantém uma relação mais estreita com o Flamengo, e sempre mantém contato com o Clube.

    De zero a dez, que nota a Fla-Bahia atribui a nova gestão?

    Se olharmos apenas para o futebol, a nota será muito baixa, porque eles têm cometido muitos erros, mas olhando para o conjunto de ações que a nova gestão tem implantado, pensamos numa nota positiva. A busca incansável pela recuperação da imagem da instituição, com o pagamento de impostos, salários, renegociação de contratos, são ações que merecem nota 10. Entre erros e acertos, uma nota justa seria 7.

    Recado da Fla-Bahia para Nação Rubro-Negra pelo mundo:

    Vinicius Araujo (@viniaraujo32):

    O Flamengo está acima de todos!

    Lubrial (@lubrial):

    “Conte comigo Mengão, acima de tudo Rubro-negro”!  Acho que mais do que nunca o Flamengo precisa da nossa participação e nossa torcida.

    Paulo (@meupaulo):

    Para o Flamengo voltar a gigante como ele deve ser, todos devem ajudar da forma que estiver ao seu alcance: sendo sócio, sendo ST, comprando produtos oficiais ou empurrando o time nos estádio. Toda ajuda é bem-vinda!

    Tiago (@ticaoflabahia):

    “Nada do flamengo ,Tudo pelo Flamengo”

    Marcelo (@MarceloFlabahia):

    “Não importa onde esteja, sempre estarei contigo”. A maior recompensa de todo esforço e dedicação ao Clube de Regastas Flamengo é as amizades conquistadas e o orgulho de ser Flamenguista.

    Emerson (@emersongiovanni):

    “…Eu nasci assim e vou morrer assim porque sou flamengo
    Flamengo tem na Bahia
    Torcida igual não se viu
    Sem ele eu não viveria
    Flamengo é de todo Brasil…”
    Esse é um trecho da música que compus e está no CD que as Embaixadas produziu para homenagear o centenário do futebol e que retrata o que penso sobre ser flamenguista.


    Contatos da FLABAHIA:
    http://www.flabahia.com.br
    http://www.facebook.com/flabahiaoficial
    http://twitter.com/flabahia


    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.