AINDA (OU SÓ?) FALTAM 90 MINUTOS


Comemoracao-Flamengo-Atletico-PR-Fotoarena_LANIMA20131120_0266_25O Flamengo conseguiu um resultado espetacular na primeira partida da final da Copa do Brasil. Poderia até ser melhor se não houvesse tanta displicência de nossos jogadores afobados e/ou limitados. Mas, foi bom ter terminado num empate com gols. Bom porque o time entra mais ligado na partida de volta e não fica tão acomodado, dando sopa para o azar. Aliás, pelo que vi neste confronto inicial, o Jayme não é bobo, muito menos covarde (Chupa, Mano!). Nosso treineiro, humilde, mas determinado, nem quer saber de segurar o placar, o que pra mim, já é muita vantagem.

fantasmaAlguns baluartes hão de se apegar no pretérito, ressaltando que em 97 (Gaymio), em 2003 (CUzeiro) e em 2004 (Santo André) o Flamengo conseguiu empatar no primeiro jogo. Sério, eu prego sempre os pés no chão e o não-obaobismo, mas também acredito que tabu é pra jacú. Estamos em um momento diferente, de reestruturação e de amadurecimento. Ok, temos uma equipe meia-boca, mas que está superando suas limitações e jogando com muita raça. E, quando o Flamengo joga assim, ao lado da Nação, quem é capaz de achar que não dá?

Ainda faltam 90 minutos, ou só faltam 90 minutos?  Isso depende do ponto de vista. Depende de quem tem sorte ou de quem joga bem. Depende de quem se entrega à batalha ou entrega os pontos. De quem acredita lutando ou quem sonha esperando acontecer. Mas sim, serão 90 minutos para um Flamengo saber que, para conquistar este tricampeonato, jamais deverá abandonar o futuro. Porque ele já é maior do que o passado.


Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.