NA WEB
    Google+

    DOMINGO TEM JOGO

    Agora somos nós contra os matemáticos.

    Por em novembro 23, 2013

    450px-Domenico-Fetti_Archimedes_1620

    Agora somos nós contra os matemáticos. Esses seres diabólicos, maldosos, mensageiros do caos e profundos desconhecedores do termo “incaível”.

    Bem… O povo precisa vender jornal, não é mesmo? E todos nós sabemos que o que dá IBOPE mesmo é o Flamengo. Uma Nação inteira torcendo a favor e uma pá de gente torcendo contra. Aliás, não sei mesmo como essa gente consegue conviver com isso. Logo no dia seguinte à Batalha da Vila Capanema presenciei um senhor em uma lanchonete batendo papo com o atendente. O atendente, rubro-negro. O tal senhor, vascaíno. Daí o gajo saca a seguinte da cartola: “no jogo da volta vocês vão perder, quer apostar?”.

    Cacete… É muito sangue-frio. O cara enterrado até o pescoço na zona da degola, faltando três rodadas pra terminar o treco, tabela marcando o próximo jogo contra o Campeão Brasileiro Mega Antecipado de 2013, e o cara preocupado em apostar contra o Flamengo??!! De dar pena. Enfim…

    Retomando. Basta um nerd desses aí que fez matemática e acha que entende de futebol inventar um cálculo maluco e nos brindar com os tais zero-vírgula-sei-lá-quanto de chances de rebaixamento, que o papo começa.

    Até os veículos mais poderosos (sem citar nomes), por maiores que sejam, também vivem no fim das contas dos índices de audiência. Não tem pra onde fugir. Aí começa. “Ih… Olha lá… melhor abrir o olho. Flamengo fica pensando na Copa do Brasil e a turma de trás está se aproximando. Blá, blá, blá…”. E tem muito rubro-negro dos bons que embarca nessa.

    Nunca fui bom em matemática, um mínimo de lógica faz pressupor que aquele bando de gente lá embaixo está lá justamente por não conseguir engatar uma boa sequência de vitórias. Da mesma maneira que estamos na meiúca porque fomos um pouco menos sofríveis. Aí TODOS ELES vão começar a fazer isso de uma hora para outra? Improvável. Ainda mais que, sem nem sequer olhar a tabela, deve haver alguns cruzamentos entre os envolvidos em tentar manter a cabeça fora da lama.

    matematica-consulte-2Não bastasse isso, as chances do tal zero-vírgula-sei-lá-quantos-por-cento se tornam ainda mais patéticas se levarmos em conta que já tem um povo com lama acima da testa e que não sai disso nem com reza brava.

    Mas vamos lá. Precisamos ter consciência da nossa responsabilidade social. Temos que levar em conta que nós, o Flamengo, somos a razão pela qual esse povo todo da arcoirisada respira. Para que essas almas errantes possam enfim ter paz e pensar em seus próprios times, nós temos uma missão na próxima semana.

    Brocar o Atlético logo no primeiro tempo para que os pobres de espírito possam ir dormir cedo. Isso é claro se o nosso foguetório e gritaria assim o permitirem. A outra parte da missão vem antes. Ganhar de uma vez dos Matemáticos Nerds Futebol Clube. Para isso basta vencer do Corinthians que, tal qual o Flamengo, repousa na zona morta da tabela e não vai chegar a lugar algum no Brasileirão 2013. Nem para o bem e nem para o mal.

    Modinhas do Rio de Janeiro, queridos do titio. Se você foi a Curitiba na quarta e não vai ao Maracanã no domingo você é persona non grata. Seu ingresso do jogo de volta contra os paranaenses deveria inclusive ser confiscado.

    Estamos todos ansiosos pela derradeira batalha de quarta.

    Para o nosso bem, para a paz de espírito da arcoirisada, que precisa voltar a pensar nas suas próprias equipes, e pelo rebaixamento sumário do Matemáticos Nerds Futebol Clube, não esqueçamos.

    #DomingoTemJogo

    CURTAS

    EXPERIÊNCIA. Em meios ao caos que tomou conta da Vila Capanema ao término do jogo. Bem no comecinho de tudo… A Fla Mochila mostrou que está acostumada com tais adversidades. Deu meia-noite e… Pausa na correria para entoarmos um animado “Parabéns pra você” para o Zé Paulo, figura muito querida pelo grupo de mochileiros. Depois de já termos ouvido inclusive alguns disparos. Cascudos os mochilanos.

    SÍNTESE PERFEITA. Na chegada ao estádio a Fla Mochila foi interpelada por um grupo de uma dúzia de atleticanos. Informaram: “Olha… A polícia não está deixando passar por esse viaduto não. Só a torcida do Flamengo pode passar”. Alguns segundos de silêncio e Henrique, debutando no Fantástico Mundo Mochilano, foi direto ao ponto: “Bem… No caso é o caso”. Cada grupo seguiu o seu caminho.

    LEMBAS ELETRÔNICO. Para quem não sabe o que significa o termo “Lembas”, trata-se de um bolo élfico em o “Senhor dos Anéis”. Fato é que o povo passa o livro todo dizendo que o tal bolo está quase acabando e o treco não termina nunca. Tinha um modinha no busão pra Curitiba que ligou a viagem inteira e toda hora pra mãe e sei lá mais pra quem. A todo momento dizia: “vou desligar que a minha bateria está no fim”. Treze horas de viagem depois… Continuava a repetir a mesma ladainha.


    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.