NA WEB
    Google+

    A CÉSAR O QUE É DE CÉSAR

    Pra provar que estamos bem servidos

    Por em dezembro 6, 2013

    146233_ori_cesarSe os embalos de sábado à noite contra o Cruzeiro estão com cara de festa, ou até mesmo de fim de festa para todos nós, assim não será para o goleiro que entrará de titular na partida.

    Felipe já curtindo suas merecidas férias e Paulo Victor se recuperando de um tratamento dentário, dão lugar ao garoto que já anda por ali há certo tempo. Fez bonito várias vezes nas divisões de base, e não é um nome desconhecido para a maior parte da torcida.

    Dá certo tempero extra para a Festa das Faixas.

    Durante todo ano falei diversas vezes que os responsáveis por guardar nossa meta me deixavam seguro da posição estar em boas mãos. Felipe ou Paulo Victor, qualquer um deles já provou diversas vezes que dão conta do recado tranquilamente e se, no decorrer do ano houve uma falha aqui outra ali, até nisso se igualam.

    Já perguntei para muitos rubro-negros e, sem as tais margens de erro dos matemáticos e estatísticos, afirmo que a Nação também é dividida positivamente nessa questão. Acha que tanto faz porque ambos inspiram confiança.

    Apesar de festivo, o jogo é válido-sem-valer-nada pelo Brasileirão e contra o Campeão mais inquestionável da Era dos Pontos Corridos, tendo sobrado na turma por muitas e muitas rodadas.

    faixas_flamengo3_glo_95Jogo sem compromisso há de ser aberto e com muitas finalizações de ambas as equipes. Hora de César mostrar que estamos até mais bem servidos de goleiro do que pensamos.

    Agora uma outra coisa… É… Bem… Na verdade o título lá em cima é de duplo sentido. No literal foi por isso que falei até agora. Mas tem também outro lado.

    Depois de resolvida nossa festa de Sábado, assistiremos no Domingo, nos camarotes confortáveis de nossas casas, hora rindo, hora bocejando entediados, a briga de foice no escuro que dois dos nossos desafetos travarão entre si para decidir se afinal a queda será em versão solo ou em dueto.

    Se pelos números o Vasco tem missão mais complicada, já que o Atlético ainda briga por uma vaga na Libertadores, o Fluminense enfrentará um rubro-negro no gol do já garantido na Série A de 2014, Bahia.

    Taí outro tempero danado de bom para essa última rodada. Não seria engraçado o Fluminense voltar para o lugar aonde deveria ter passado quando saiu da série C exatamente pelas mãos de um integrante da Nação?

    Marcelo Lomba gioleiro do BahiaIsso podia corrigir a história duas vezes. Quando de uma das quedas do time das Laranjeiras (não sei qual delas), eles inventaram, após terem feito pífia temporada, que a culpa da tragédia era rubro-negra, por não termos vencido desse mesmo Bahia na última rodada daquele ano.

    Correção da história 1: eles vão pra série que pularam de forma vergonhosa.

    Correção da história 2: Marcelo Lomba fecha o gol e aí a gente pode dizer que dessa vez parte da culpa foi mesmo do Flamengo.

    A César o que é de César, a Lomba o que é de Lomba.

     

    CURTAS

    O FANTÁSTICO MUNDO DE JORGE. Jura que o Irmão Jorginho vai ser rebaixado junto com a Ponte Preta e reclamou que a diretoria do Flamengo não soube ter paciência com o seu trabalho?

    DÚVIDA CARTOLEIRA. Sou um fiasco no tal Cartola. Contudo, não sou criança e não largo a brincadeira só porque não estou ganhando. Para essa última rodada uma grande dúvida: Fazer voto de confiança escalando o César ou debochar dos desafetos escalando o Lomba?

    COMPOSTURA, POR FAVOR. Espero que, em caso de fuga da série B por parte de um dos desesperados, não aconteçam efusivas comemorações com buzinas, foguetes e berreiros. Seria deprimente demais assistir gente comemorando um décimo – sexto lugar. Contenham-se. Reflitam sobre a situação lastimável em que se encontram.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.