NA WEB
    Google+

    FLA TEM ACESSO A PROCESSO DE ANDRÉ SANTOS E OUVE LAMENTO DE SESTÁRIO

    Representante do Fla busca a denúncia para fazer cópia e encaminhar para o corpo jurídico definir a estratégia de defesa. Advogado que representou a Lusa faz desabafo

    Por em dezembro 12, 2013

    fut_andresantos_coletiva_janirjunior1O Flamengo deu mais um passo para preparar sua defesa no caso de André Santos, em julgamento que será realizado na segunda-feira, no STJD, no Centro do Rio. Na tarde desta quinta-feira, o advogado Marco Aurélio Asseff esteve na sede da entidade, retirou a denúncia para fazer cópia e encaminhar para o corpo jurídico definir a estratégia de defesa. Um dirigente rubro-negro informou que o clube colhe pareceres de juristas sobre o caso para constar em sua defesa. O Flamengo corre o risco de perder quatro pontos no Campeonato Brasileiro por supostamente ter escalado irregularmente o lateral-esquerdo na última rodada da competição. Suspenso, o jogador teria de ficar fora da partida. E corre até mesmo o risco de ser rebaixado, caso o Vasco consiga impugnar a partida da última rodada, na qual foi goleado por 5 a 1 pelo Atlético-PR.

    Quando chegou ao STJD, Marco Aurélio Asseff se encontrou com Osvaldo Sestário, advogado que participou da defesa da Portuguesa no caso da suspensão de Héverton. Os dois se abraçaram cordialmente e tiveram uma conversa rápida, na qual o representante rubro-negro mostrou solidariedade. O advogado da Lusa está em meio a uma grande polêmica por conta do episódio.

    – Querem colocar na minha conta – desabafou Sestário com Asseff.

    Questionado pela reportagem sobre a informação de que não prestaria mais serviços para a Portuguesa, Sestário disse que ainda não foi comunicado e que tem contrato em vigor.

    Antes mesmo de ter acesso ao processo, o Flamengo se mostrou tranquilo em nota oficial emitida nesta quarta-feira: “Tendo em vista as notícias publicadas pela imprensa a respeito da escalação do nosso atleta André Santos no jogo contra o Cruzeiro, o Clube de Regatas do Flamengo manifesta sua absoluta tranquilidade em relação ao caso, respaldando sua posição nos diversos artigos que  regem a lei esportiva e nas resoluções da Confederação Brasileira de Futebol”.

    Nesta quinta, em entrevista à rádio Rádio BandNews, o presidente Eduardo Bandeira de Mello se disse indignado com todo episódio:

    – Nem vamos falar de queda, porque tenho certeza que não vai acontecer. Mas meu sentimento é de indignação. Estávamos em uma tentativa de moralizar o esporte e, de repente, vemos uma tentativa de golpe contra os princípios éticos e morais que deveriam reger o esporte – disse o mandatário.

    FONTE: GE

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.