NA WEB
    Google+

    TUDO AO CONTRÁRIO

    Por em dezembro 12, 2013

    caso-sera-levado-STJD-CBF_ACRIMA20131125_0110_15Sim, senhores! Façam tudo isso que vocês já fazem, mas façam ainda mais. Não basta destruir os clubes por irresponsabilidades financeiras, por saber que não serão pessoalmente punidos. Não basta fechar os olhos para problemas com soluções simples, mas pouco políticas. Não basta se submeter às vontades dos mais poderosos em detrimento de conceitos idôneos e corretos, que deviam permear quem comanda e dirige nossos clubes e nosso futebol.

    Sim senhores dirigentes, façam tudo isso, mas façam mais e pior. Se indignem com imagens de selvageria nas arquibancadas, mas se isentem quando buscarem os culpados. Chorem ao vivo, se for preciso. Pensem bem se vale a pena tirar o time de campo, se vale a pena continuar o jogo, se vale a pena esperar um pouco mais para acabar o tempo de espera que a regra permite. Mas se superem, sejam os grandes artistas, sejam os protagonistas do espetáculo.

    Senhores dirigentes do futebol, meus grandes gestores, levem nossas decisões para os tribunais. De que vale um campeonato decidido nas quatro linhas, se podemos estender as emoções por todo o mês de dezembro, talvez até janeiro? Sim, dirigentes do futebol brasileiro, sejam maiores que o campo, sejam maiores que os jogadores, sejam maiores que a bola. Sejam ainda maiores que o gol, que deveria ser o momento mais espetacular e decisivo do futebol. Os gols não andam decidindo muita coisa ultimamente.

    Talvez um dia, tudo que sempre sonhamos se concretize. Nesse dia, nós torcedores trocaremos a ansiedade pelas grandes decisões por uma inspeção burocrática e minuciosa do time adversário, analisando se todos possuem realmente condições de jogo. O grito da arquibancada ovacionará o advogado do nosso time do coração, que conseguiu um efeito suspensivo ou uma liminar que garante alguns pontos na tabela. Reclamaremos que o ingresso para a sessão decisiva no STJD está com um preço abusivo.

    Nesse momento, quando isso acontecer, terá morrido o futebol. Terá morrido o que nos faz transbordar de alegria e chorar de tristeza, verdadeiramente. Terão morrido nossos craques, os golaços e os dribles. Terão morrido nossos ídolos do passado, antes eternos. Confesso que uma boa parte de mim, como apaixonado pelo futebol, também estará morta. Parabéns, dirigentes! Esse dia está cada vez mais próximo!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.