Google+

NEM FEIJÃO E NEM ARROZ

Jogai por nós, São Judas

Por em janeiro 6, 2014

bahia-feijao-flamengo-rafinha-640x480-divulgacao-fotoarenaSei que posso até receber as primeiras pedradas de 2014 com esse texto. Bem, alguma hora tem que começar não é mesmo? Então vamos lá.

Vou falar… Estou de olho no Brasileirão 2014. Pelo jeito os Smurfs fizeram uma bela de uma lavagem cerebral em metade do povo que conheço. Você abre a boca pra fazer qualquer crítica e querem logo chamar um padre pra te exorcizar.

Continuo com a mesmíssima opinião do ano passado. Os caras mitam quando se trata de grana. E era disso mesmo que estávamos precisando, após gestões e mais gestões tratando nossos combalidos cofres como a Casa Do Orçamento Público da Mãe Joana. Contudo… Quando o assunto é futebol… Podem arremessar as pedras.

Uma coisa é não cometer exageros inconsequentes na hora de contratar, outra completamente diferente é não conseguir nem concretizar o tal do Feijão do Bahia.

Até uns dias atrás eu estava até crendo nas negociações na encolha e malandragem para não despertar interesse de outros clubes. Tomara que eu queime a língua, mas já estou achando mesmo é que veio o Everton e as próximas contratações serão ninguém e mais um pequeno pacote de desconhecidas celebridades da Série B.

Outra opinião que se mantém para a temporada que se aproxima é que UM DIA, repetindo, UM DIA os Smurfs vão acabar acertando (e não há de ser em 2014, pelo andar da carruagem azul). Isso, é claro, partindo do pressuposto de que serão reeleitos. Nem acho que vão acabar acertando porque vão aprender futebol. Acredito nisso porque, em continuando mitando com as finanças, um dia chegaremos naquela aprazível situação em que a sabedoria popular ensina que… “com dinheiro é fácil”.

Mas o que fazer até lá? Sei lá.

Eu sou ateu e não posso fazer muita coisa. Pra quem não é, recomendo uma bela de uma oração pro tal do São Judas Tadeu.

especialMesmo sendo tendencioso e suspeitamente positivo quando crio expectativas com o Flamengo, temo por um ano um tanto quanto complicado e de histerias coletivas mil da Nação nas redes sociais.

Lembram no começo de 2013 quando os Blues avisaram que precisávamos de paciência porque o começo ia ser um pouco difícil? Estou com expectativas bem piores que nessa época.

Vejamos bem… Veio o Everton. Ok. Foi-se o Rafinha. Não é nenhum craque, mas com elenco limitado que vai precisar revezar jogadores, até que valia. Elias até agora é uma novela que só serve pra vender jornal. O troço com o tal do Feijão foi de dar medo. Sem querer comparar ninguém com ninguém, mas já tivemos novelinhas de vem/não vem com nomes mais relevantes do mundo do futebol.

Estou sendo pessimista? Tomara. Meu medo mesmo é que os Smurfs estejam positivos demais e achando que TUDO vai dar certo sem planejar NADA.  Relativamente falando, foi o que aconteceu em 2013.

Nem falei nada sobre Libertadores né? Pois é, não falei mesmo. Ando com preocupações maiores/menores.

Notícia de última hora…

Chapa Azul acha preço de São Judas Tadeu acima da realidade financeira do clube. Santo não renova para a próxima temporada.

Ainda essa semana, uma entrevista com São Judas no Falando de Flamengo. Aonde mais seria?

São-Judas5

Mario Alberto / Lance!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.