NA WEB
    Google+

    Fla lota o Maracanã

    10.000 no Carioqueta é tirar onda

    Por em janeiro 21, 2014

    Fla_AudaxEsperava menos, confesso. Os elementos que convidavam a NÃO ir ao Maracanã eram muitos e fortes. Tantos que dá até pra dividir em tópicos.

    COLEGAS DOS SOBRINHOS DOS RESERVAS

    Somos rubro-negros e tendenciosos. Não importa o time que vá pro campo de jogo e quem seja o adversário. Sempre nos consideramos favoritos e potencialmente preparados para aplicar uma goleada em quem ousa cruzar nosso caminho… Isso quando a bola rola. Antes disso, nos botecos do mundo real e nas biroscas virtuais do twitter e do facebook, a Nação reclama e nunca acha que o elenco está bom. Talvez seja “culpa” da Geração dos anos 80. E é fato dito e redito por todo mundo que “nosso elenco precisa de reforços”. Aí dá pra imaginar o ânimo do povo pra ir ver jogo dos reservas dos reservas?

    CARIOCA É ASSIM MESMO

    Na boa. Alguém ainda leva algum Estadual a sério? O Cariocão talvez, repetindo, TALVEZ, o Botafogo, que não tem lá muitas opções no quesito “ganhar alguma coisa”.  E olha que quem está falando é alguém que tem por hábito nocivo ir a todos os joguinhos do Modorrento.

    PREÇO DOS INGRESSOS

    Nesse quesito o troço é polêmico.

    Sessenta pratas é caro? Sim e muito. Porém(s): Como sempre digo, não há preço justo a se cobrar no Carioqueta. Um Real pra ver jogo contra o Audax já seria um abuso. Piadinhas repetitivas à parte, há outro fator bem complicado de administrar. Até mesmo para os Gênios da Chapa Azul.

    Digamos que o povo que protestou ache que 30 seria um preço aceitável. Com o advento do Programa do Sócio-Torcedor, se fosse a metade para os cadastrados, ia ter muita gente pagando R$ 7,50 na famosa meia da meia. Aí faz como? Ou reduz as vantagens nos preços para os ST, o que seria um gol contra, ou praticamente abriria os portões a preços módicos.  Ainda mais com a sabida quantidade de meia da meia Mandrake que é negociada.

    PREÇO DOS INGRESSOS II

    É que os Smurfs podem querer me bater, mas nesses jogos contra os nanicos do Estadual tinha mais é que botar o ingresso a 10 pratas pra todo mundo. Aumentava as vantagens para os ST nos campeonatos de verdade e usava o Estadual como manutenção do hábito de frequentar estádio. Fora encher a bagaça e, se isso for financeiramente viável, tomar a simpática medida de favorecer uma vez no ano e, ainda que no Carioqueta, a galera de renda mais baixa que foi fundamental na construção da História do Clube de Regatas do Flamengo. Mesmo porque se os Smurfs usam a Lei da Oferta e da Procura pra cobrar 250 na Copa do Brasil, teriam que aplicar a mesma teoria agora e admitir que ninguém está interessado em ver jogo contra os nanicos, logo…

    LIBERTADORES

    Como diz o ditado, “gato escaldado tem medo de água fria”. O povo deve estar tenso querendo saber quanto afinal será cobrado pelos ingressos da Libertadores. Como a fama dos Smurfs nesse quesito não é das melhores, todo mundo nas trincheiras se preparando para a bomba, e sem querer gastar muni$$$ão com o Carioqueta.

    RIO CINQUENTA GRAUS

    Não tem jeito. É verão e o Rio tá cheio de mulheres deslumbrantes espalhadas por suas praias e piscinas. Fizemos até piada com isso na tarde de domingo enquanto torrávamos nossos cérebros no Maraca. Dizíamos: “Só tem maluco. Um tempo desse e o pessoal na praia”.

    É por essas e outras menos importantes que acho que a Nação Rio tirou foi onda botando 10.000 no Maraca na nossa tarde inaugural de temporada. Parabéns aos presentes, aos que acompanharam a bagaça pela TV em todos os cantos do país e, é claro, congratulações aos nossos atletas que foram a campo e saíram de lá com alguns quilos a menos e com os três pontos.

    O povo é chato e gosta de reclamar.  A garotada misturada com uns marmanjos fez o que devia ser feito. Ganhou o jogo e ponto final. E olha que teve muito clube por aí que não conseguiu nem isso na primeira rodada. Não é que teve?

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.