Google+

O próximo Fla-Flu

Por em janeiro 28, 2014

ZicoA partida será apenas no próximo dia 8 de fevereiro. Até lá, ainda enfrentaremos 3 outros adversários. O jogo valerá, racionalmente, apenas mais 3 pontos no longo e cansativo campeonato Carioca. Será, inclusive, a última partida antes da estreia na Libertadores, podendo ser, dessa forma, disputada até mesmo pelo time reserva. Mas o jogo contra os tricolores, refugiados das divisões subalternas do nosso futebol, ganhou uma conotação especial pra todos os Rubro-Negros.

Especial, infelizmente, por motivos muito ruins para todos nós, amantes do futebol. Os episódios que ocorreram na última rodada do Brasileirão de 2013 e tudo que se sucedeu a esse momento, acirrou a rivalidade entre rubro-negros e tricolores. Fluminense e Flamengo, além da Portuguesa, se viram envolvidos em um imbróglio difícil de chegar ao final.

Mas eu não ficarei aqui falando do que já aconteceu nos STJD e tribunais da vida, muito menos emitirei uma opinião sobre quem tem razão jurídica nessa história toda. Por um único motivo: Futebol, como todos nós gostamos, se resolve dentro de campo. Nós vamos ao estádio vibrar com os nossos jogadores, não com os nossos advogados.

2ae1

Tudo isso posto, vamos ao que interessa. O Fluminense caiu 4 vezes no campo e só desceu de fato duas vezes. Viradas de mesa foram 3. Por uma coincidência do destino, sempre que o Flu caía, algum fato extracampo acontecia para salvar indiretamente o clube. Esse fato, isolado, já é motivo para não gostar nem um pouco do clube de Laranjeiras. Para piorar, na última e mais recente queda, algum tricolor muito louco bolou um plano mais doido ainda para, como uma lavagem cerebral, convencer a torcida pó-de-arroz que o Flamengo pagou a Portuguesa para escalar um jogador irregular. Como falei, não vou entrar no mérito jurídico, mas acho feio demais querer mudar resultados obtidos no campo. E mais feio ainda é a tentativa de fazer com que um terceiro assuma as consequências do seu próprio fracasso.

No campo, nós não temos dúvidas. O Fla-Flu é um “Ai, Jesus”. Mas para eles. O Flamengo tem mais vitórias no confronto direto e possui muito mais títulos em qualquer competição de futebol profissional que os dois clubes tenham disputado. Do Carioca ao Brasileirão, estamos na frente. Título internacional, chega a ser covardia. Até porque o Fluminense praticamente inexiste fora do território nacional.

No campo, vencemos todos os jogos disputados no último ano. O último, pelo Brasileirão, com o time reserva. Nos últimos 10 jogos, foram 5 vitórias e apenas 2 derrotas. Não dá para não admitir a superioridade rubro-negra. Mas toda essa superioridade, histórica e recente, foi antes da polêmica da última virada de mesa.

telao_maracana_gol_andresantos_richardsouza_15Eu não estava nem ligando se, mais uma vez, por mais uma coincidência do futebol brasileiro, o Fluminense estaria na série A em 2014. Para mim, era menos viagem para o Mengão, mais jogo para eu ir no Maraca e mais chance de pontuar no campeonato. Mas quando envolveram nosso clube, como possível interessado em uma queda da Portuguesa, levantando a hipótese de termos “comprado” a escalação irregular de um jogador, fiquei muito p$%# da vida. E a gota d’agua foi a música composta pelos torcedores tricolores, insinuando essa situação.

Agora quero que mostremos a nossa força (mas sem violência, pelo amor de Deus). Quero a vitória no clássico a qualquer custo, mesmo se for com um gol do Cadu. Estarei no Maracanã, mesmo se o time que estiver em campo for composto pelos reservas dos reservas. Gritarei o tempo todo e farei a minha parte. Ali, no estádio. Para que dentro de campo possamos mais uma vez vencer. E para que, talvez de forma derradeira, os nossos irmãos tricolores entendam onde o futebol é verdadeiramente disputado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.