Socorro!


Lembro-me que uns dois ou três anos atrás, época que ainda nem se falava em sócio-torcedor aqui no nosso reino, fiquei parcialmente horrorizado ao pagar 95 pratas por um ingresso no Couto Pereira. Lá chegando e vendo o estádio cheio, soube que assim era porque o sócio-torcedor de lá pagava bem mais barato. Salvo engano 30 pratas. Acho que era isso. Aí já não fiquei tão assustado. Era uma explicação até certo ponto justa.

Não sei situar no tempo, mas ACHO que bem antes disso, conversando com um torcedor do Vitória no estacionamento do Barradão, soube que lá também eram muitas as vantagens para os tais ST de lá.

Só isso aí já traz embutido um verdadeiro horror. O fato de que clubes muito menos relevantes no cenário desportivo nacional largaram muito na frente do nosso amado Flamengo.

Mas tudo bem. O tempo passou e acabamos, com o advento do Império Azul, nos adequando aos tempos modernos e tendo também o nosso Plano de Sócio-Torcedor.

Começou bem. Lembro que no Carioqueta de 2013 cheguei até mesmo a GANHAR ingressos para esses joguinhos de menor expressão/interesse, marca registrada desse Estadual Falido e Sem Razão de Ser.

oie_10144132EQkZKOI3Sei lá eu que porra aconteceu de lá pra cá. Fato é que o ingresso para o jogo contra o Tapetense F.C., além de estar em um valor exagerado para quem não é associado ao plano, teve míseros e mesquinhos 20% de desconto para os tão prestigiados colaboradores.

Não bastasse isso, o troço parece que piorou do ano passado pra cá na parte prática. Só tivemos 7 rodadas e, nos jogos em que tivemos mando, não houve um único em que eu e/ou amigos mais próximos tenhamos entrado sem nenhum tipo de problema na troca dos ingressos ou no acesso ao estádio. E isso com esse público de pouco ou quase nada que frequenta o Carioqueta.

20% de desconto em ingresso caro e no Carioca? Faça-me o favor, Império dos Smurfs!!!

E pior é que sou reconhecidamente uma Amélia do Flamengo. Pode bater e maltratar que vou estar lá bonitinho (licença poética, porque né…) na arquibancada torcendo.

O que constrange é que fico que nem um bocó tentando ajudar a empurrar o troço e mandando papo de vendedor pra tudo quanto é amigo rubro-negro. Volta e meia estou lá com meu blá, blá, blá.

Olha… Melhor aderir logo… Libertadores tá aí na boca… Depois da fase de grupos vai ficar complicado comprar ingresso sem ser sócio-torcedor… Fora isso o troço dá um monte de vantagem no preço dos ingressos… E outros blá, blás mais. E falo na sincera mesmo, cheio de boas intenções com os amigos e também com o Flamengo.

Até que os preços para a fase de grupos da Libertadores foram bem camaradas para os ST. Tanto e de forma tão incoerente que assistir jogo da Libertadores foi muito mais barato que o Fla-Tap do Carioqueta.

A mensagem é ruim ou é pior

É uma questão de escolher.

Opção 1: Como é bom ter o apoio de vocês na fase de grupos e ela pode não atrair tanta gente assim… Tomem um precinho legal. Como ninguém dá a mínima pro Carioqueta e no fundo tanto faz o apoio de vocês… Os manés que acompanham Estadual têm mais é que sofrer mesmo.

Opção 2 e bem mais feia: a frase patética em um dos perfis oficiais do clube nas redes sociais que dizia algo do tipo “Você que não vai ao Maracanã só tem uma saída para assistir esse jogão. Assine agora o pay per view e blá, blá…”.

Será então que o preço abusivo do ingresso faz parte das geniais estratégias de marketing desse povo?

Opa… Estou sendo injusto. Não sei ao certo os valores, mas… ST tem uns R$ 0,08 de desconto na cerveja e uns R$ 0,07 no sabão em pó.

Cerveja eu nem bebo. Mas como vou ver o jogo de quarta na TV, o sabão pode ser útil.  Se passar campanha do clube me incentivando a ver o jogo contra o Vasco da Gama na televisão… Certamente vou vomitar no tapete.

LEIA TAMBÉM:

Arquibancadas ‘vazias’ – Quanto vale um ingresso caro?

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.