Via Crúcis 4/5

FRONTSeguem as poucas aventuras e as muitas desventuras dos Peregrinos do Carioqueta por esse pequeno mundo domiciliar afora.

Para essa etapa da Via Crúcis temos algumas atrações bem chatinhas e, para o povo fã dos festejos momescos, ou das viagens no período da folia, uma pequena tortura particular praticada pela Federação de Falências do Estado do Rio de Janeiro.

Vejamos:

RESENDE

A desventura mais fácil, ainda que igualmente sonífera, dessa etapa. Sábado à noite em Volta Redonda. Pelo lado da Modorrência Inerente não faz muita diferença. Podia ser no Camp Nou e com Open Bar de energético e Ecstasy que ia dar sono do mesmo jeito.

Como fator positivo… Pelo menos é no sábado. Domingão livre para fazer o que bem entender. Veio bem a calhar pro tio, já que no domingo tem o Cortejo Momesco Pré-Carnaval do Cordão do Boitatá na Praça XV. Para os demais poucos Peregrinos do Carioqueta que não curtem os festejos carnavalescos, recomendo um dia de reflexão a se perguntar: “o que estou fazendo da minha vida? Por que frequento assiduamente o Estadual?”

Vou contar um troço “procês”. Tem um povo que antes de se dirigir para Volta Redonda vai dar uma passada em Resende para assistir o jogo da equipe dos garotos abaixo de 20. Sim, isso vai acontecer.

Ah… O mulheril lá de VR já costuma se vestir bem para ir ao estádio. Acredito que como a partida ocorrerá nos Embalos de Sábado à Noite, esse troço pode ser ainda mais potencializado. Confio em vocês, meninas.

NOVA IGUAÇU

Pronto. Esse aqui vai ser uma desgraça. Jogo em pleno sábado de carnaval e, como cereja do bolo, até ontem a Federação de Falências nem tinha determinado ainda o local do jogo.

Sei lá aonde vai ser, mas vai ser ruim pra todo mundo. Pra turma do veraneio e pra turma dos foliões.

Vivo um drama pessoal com isso… Aliás, dois. Sou tão apaixonado pelo Carnaval que sempre considero esse joguinho do sábado a minha Maior Prova de Amor ao Manto no Ano. Largar os divertidos blocos do Rio para acompanhar o Carioqueta. Um dia tomo coragem e falto esse joguinho. Um dia.

Outro drama é que esse ano minha fantasia pode me levar a adentrar o Maraca vestido de mulher, o que me dará a desconfortável experiência de me sentir um tricolor por algumas horas.

Em tempo. Nunca vou entender porque, já que há jogo no sábado de Carnaval, ele não é sempre um do Flamengo contra um dos três desafetos. Seria uma atração a mais para a gringalhada que visita a cidade no período. Vai entender…

Ah… Claro que a chatice do jogo vai parecer ainda maior porque na quarta teremos feito um joguinho da Libertadores.

BONSUCESSO

Isso aqui sim. Programa pra depressivo nenhum botar defeito.

Já vai estar todo mundo cabisbaixo mesmo por conta dos fins dos Festejos de Momo. Nada melhor para arruinar de vez o troço que um joguinho contra o Bonsucesso na Temida Quarta-Feira de Cinzas e dez da noite.

Esse tá de gelar a espinha. Um monte de dias em casa e, mesmo o Peregrino que usar o carioqueta para relaxar, já vai poder voltar para o trabalho na quinta totalmente arrasado e com sono… Já ia esquecendo de citar um detalhe. Não basta ser depois da novela e na Quarta de Cinzas… O JOGO É EM VOLTA REDONDA.

Não me contive e dei uma olhada de soslaio na etapa 05/05. Realmente, e com carimbo de qualidade de Satã em pessoa, esse contra o Bonsucesso será a tortura final mais grave do Modorrento Estadual.

Essa é a fase 04/05 da Via Crúcis. O resto vai ser molezinha. O tio promete. Tá quase acabando.

CURTAS

  • MINIONS MALDITOS. Na última quarta, em meia volta pelo lado externo do estádio, e até chegar à arquibancada, nada menos que 14 (!!??) Funcionários Chatos do Consórcio me ofereceram algum tipo de ajuda.
  • MINIONS MALDITOS II. Aliás, os minions do lado de dentro andam cada vez mais chatos e controladores das liberdades individuais. Mesmo com o jogo vazio, alguns deles foram brindados por bela canção de alguns torcedores. Uma alusão aos coletes brilhantes e um singelo convite. Diziam os incomodados frequentadores do Teatro Maracanã: “Fluorescente… Vem dá o @#&**&#@ pra gente…”. Tom Jobim perde.
  • ORGANIZAÇÃO DO CAPETA. Alguém do Nação Rubro-Negra tem como explicar isso? Carreguei os ingressos para a Libertadores no meu belo e prático cartão do programa sócio-torcedor. No e-mail diz que a minha entrada é pelo Portão E… E a do meu filho (no mesmo cartão) pelo Portão F.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.