Desgraça pouca é bobagem

oie_13145359o8MyYCiIPronto… Queimei a língua de novo. Em alguma crônica passada eu proferi que o “constrangedor” e simbólico jogo da Quarta-Feira de Cinzas, aquele dos 450 presentes, provavelmente seria a última grande atrocidade do Carioqueta envolvendo o nosso amado Flamengo.

Errei. O Carioca é como os livros do Stephen King ou as peças do Nelson Rodrigues. Quando você acha que tudo de pior e medonho aconteceu… As histórias reservam novas surpresas e desdobramentos que transformam o que já era péssimo na vida dos personagens, em algo um pouco pior. A única diferença em relação ao Carioqueta, é que as histórias em questão são realmente ótimas para quem as acompanha.

Já o Campeonato promovido pela Federação de Falências, além de ser chato e provocar cada vez menos interesse entre os torcedores, ainda assim tem por (de)mérito gerar essas surpresas de péssimo gosto quando você pensa que o pior já passou.

E olha que a atração do próximo final de semana, um jogo contra o Bangu, em Volta Redonda, sem valer nada para a classificação, já era um prato vazio daqueles de lamber os beiços.

Eis que o Flamengo pensa em melhorar um pouco a situação e, com a viagem marcada para a Bolívia, onde disputará uma partida por um Campeonato de Futebol de Verdade na próxima semana, requisita uma antecipação da partida contra o Bangu para sábado, além de passar o jogo para o Novo e Chato Maracanã.

Até a CBF, que por mais criticada que seja, pelo menos comanda e organiza (ou não organiza) o Brasileirão, outro Campeonato de Futebol de Verdade, muitas vezes dá uma refrescada na tabela do mesmo para atender interesses de clubes envolvidos na disputa da Libertadores ou do Mundial.

Mas com a Federação de Falências não tem disso não. Negou o pedido sem motivo racional aparente. Quando o Flamengo marcou a viagem para domingo, obviamente não imaginou que houvesse esse tipo de problema.

Resultado final. Vamos com a nossa equipe C para Volta Redonda e nem o Tio Jayme estará presente para comandar a garotada.

Uma pena que não entreguem a Taça Guanabara nesta partida. Seria mais um acontecimento patético e simbólico do nível a que estão levando o outrora Charmoso Estadual do Rio de Janeiro.

Estarei lá para assistir tal partida? CLARO que sim. Se a Federação não respeita o Campeonato que dirige e nem os clubes que fazem o favor de participar desse achincalhe ao bom senso é um problema dela. Independente de quem entre em campo, o Flamengo estará sendo representado em uma competição oficial, ainda que falida. Não hei de abandonar o barco. E pelo jeito mais 450 (pelo menos) pensam da mesma maneira.

Quer saber do que mais? Acho que vai passar na TV aberta e tudo mais. Como disse ontem… Torcedores, espectadores, Federação, dirigentes… Somos ou não somos todos uns loucos sem cura.

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.