NA WEB
    Google+

    Via Sacra 1/38

    Inversão do mando de campo

    Por em abril 19, 2014

    FLAXGOIJá começa tudo errado. Todo mundo sabe que jogo contra o Goiás lá é complicado e não temos um histórico dos melhores. Outra coisa que todo mundo já percebeu é que o jogo lá sempre é em uma quarta à noite… Bem… Foda-se isso, né? Só a Fla Mochila fica chateada, já que temos que ir e voltar correndo, sem poder exercer a arte de não pegar ninguém, coisa na qual somos especialistas, justo na sedutora e abarrotada de belas mulheres Goiânia.

    Retomando. Se o jogo lá é escamado, o mais natural seria jogarmos em casa pra tentar garantir pelo menos os três pontos do nosso mando. Sem Maracanã? Joga em Volta Redonda, no Aterro, sei lá.

    Como os smurfs entendem muito é de ticket médio e nada de futebol, acharam por bem inverter o mando e jogar no Mané Garrincha, ali pertinho de Goiás. Vamos ver no que dá.

    Gosto muito de prever o que acontecerá em campo não. Sou tendencioso e sempre acho que vai ser no mínimo três a zero até a metade do primeiro tempo.

    Fora das quatro linhas a coisa vai tocar assim ó…

    Vôo cedinho no domingo e tédio sem fim naquela cidade chata durante todo o dia, já que o jogo será só 18h30min.

    Volta cara. Tem que ser de busão. Aí nem tem mais ônibus direto pro Rio. Resultado: encarar Brasília-Belo Horizonte, pra só então pegar busão pro Rio. Como emoção extra, passagem pra menos de meia hora após o fim do jogo. Vai ter que rolar táxi reservado, do lado do estádio, com portas abertas e motor ligado. Caso contrário…

    Outra coisa extra-campo para esse jogo. Organizadas do Goiás devem comparecer em bom número. Os locais de Brasília devem deixar na gaveta as blusas das organizadas daqui.  Acontece muito. O cara compra blusa de TO no camelô porque achou bonitinha, vai desfilar orgulhoso em hora e lugar errados, acaba tomando umas bolachas sem nem entender por que. Vale prevenir.

    Seguinte… Esse texto é o primeirão da maratona toda. No resto do ano vai funcionar assim: Começo com um breve comentário sobre o capítulo-jogo anterior, depois mando a letra de como será a bagaça para o jogo seguinte e… O principal. Na seção “curtas” vou procurar dar umas plantas sobre passagens em conta e umas dicas das viagens.

    Ah… Melhor ir logo avisando que o padrão Fla Mochila de organização é gerido pelo Caos. Não esperem um guia lá muito organizado sobre essas questões.

     

    CURTAS

    No outro domingo (dia 27), rola o jogo contra a gambazada lá em Sampa. Ia ser no Itaquerão, mas parece que babou e será mesmo no Pacaembu. Molezinha. Busão na Novo Rio que já desembarca dentro do metrô. Da Estação Clínicas pro Pacaembu dá pra ir andando sem susto. Na volta, a mesma coisa em sentido contrário. Fácil, fácil.

    Apesar da fama, não é jogo que inclui muito risco. Claro que só não pode é meter o Manto e ficar desfilando no metrô e cantando o hino a plenos pulmões. Seu coração sabe que é rubro-negro. Vai com uma blusa neutra que está de bom tamanho. Aí você livra o corpo de umas merecidas bordoadas.

     

     

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.