NA WEB
    Google+

    02/38 Jogo fora, fora

    Despedida do Pacaembu

    Por em abril 24, 2014

    oie_24201936wnYDTSVN

    No episódio anterior…

    Enquanto os Smurfs presenciavam o lotado Mané Garrincha com pouco menos de vinte mil pessoas, nossos atletas sem-cidade cochilavam no campo em um modorrento empate sem gols contra o Goiás.

    Já nossos heróicos mochileiros cometiam suas insanidades habituais. A maior delas, comprar passagem de busão para iniciar o retorno ao lar, com horário distando em torno de 25 minutos após o apito final. Se alguém aí já viu “Divergente”, a Fla Mochila parecia o clã protagonista do filme. Correria a mil por hora pelas ruas de Brasília. Como sempre… Deu tempo.

    Para o segundo capítulo da saga rubro-negra no Melhor Campeonato Nacional do Mundo, uma molezinha logística. Jogo fora, fora, em local muito mais próximo do Rio que os jogos em casa fora que os delírios smurféticos inventam.

    Em campo, nossa vida contra o Corinthians no Brasileirão em terras paulistas não costuma ser fácil. Do lado de cá, nas estradas/arquibancadas, tudo tranquilo.

    Quem se interessar, a pala é busão pra ir e voltar. Chega bem cedo na rodoviária, desce lá no Tietê. Pega o metrô até a Estação Clínicas (rola uma baldeação antes), caminha até o Pacaembu. Tudo igualzinho após o final do jogo. Muito provável chegar ao Rio bem antes de duas da manhã e com o sono em dia, com aquela cochilada arrumada no busão.

    Nada de se impressionar com as histórias que versam sobre a violência extrema das torcidas na Terra da Garoa. Para jogo contra o Corinthians dá pra ir na boa. Sempre lembrando que isso não te dá a licença de sair fantasiado de preto e vermelho da cabeça aos pés.

    O jogo ia ser no Itaquerão, mas como aquilo lá tá parecendo obra de igreja, está programada uma despedida do alvinegro paulista do Pacaembu. Aliás, como todo mundo por lá tem estádio agora, é possível que demoremos também certo tempo para jogar ali.

    Bem… Do jeito que os Smurfs andam impossíveis, nunca se sabe. Vai que eles começam a mandar jogo no Pacaembu? Epa… Diante das outras “ameaças” vindas do Reino Azul, com possíveis jogos “em casa” no Pantanal e na Floresta Amazônica, até que seria uma boa notícia para nossos jogadores e, é claro, para os mochileiros de plantão.

    Fica a dica para os Smurfs. Rubro-negro não falta em Sampa, como mostrou a Final da Copa São Paulo de Juniores em um ano desses aí. Flamengo lotou o Pacaembu de manhã cedo.

    A dica mesmo seria jogar no Rio de Janeiro, mas como o povo azul não é lá muito bom entendedor de geografia, lembramos que São Paulo é um pouco mais perto do Rio que Manaus, só para citar um exemplo.

     

    CURTAS

    • Como tudo é nebuloso adiante, quem pensa em viajar para acompanhar o time faz melhor se confiar nas datas e locais dos jogos fora fora. Por enquanto, nesse período pré – Copa, definido mesmo está o jogo contra o Cruzeiro em Uberlândia no dia primeiro de junho. Boa oferta de preços e horários pra ir nas cias. aéreas. Na volta também tá barato, mas o retorno tá mais certo na manhã do dia seguinte. Se não mudou, o aeroporto de Uberlândia é um dos melhores para uma boa noite de sono mochileira pré – trampo.

     

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.