NA WEB
    Google+

    04/38 Jogando contra ninguém

    Flamengo versus série B

    Por em maio 11, 2014

    chargeflafluma

    No episódio anterior… Com a costumeira discreta não-presença habitual da Nação Rio, o Flamengo atropelou o Palmeiras. Logo no início do episódio, quando da escalação do time-elenco aparecendo no telão fifense do Maracanã, parecia um troço meio confuso.

    O início do jogo corroborou a sensação inicial. Parecia um time com problemas existenciais. O ataque, a defesa, e uma espécie de vazio na meiúca. Percebendo isso, mesmo porque o time do Palmeiras tratou de evidenciar, Tio Jayme mudou as coisas. Mugni entrou e o Flamengo deu contornos de Happy End ao terceiro episódio da saga.

    Como se não bastasse, nosso zagueiro-intelectual, Wallace, fez um avanço monstro, um passe certeiro para Alecgol e deixou claro: se precisar de uma ajuda no meio-campo, ele sabe fazer isso também.

    No episódio desse domingo… Vamos enfrentar uma incoerência ambulante. Um time da série B que já chegou até mesmo a liderar a atual edição do Campeonato Brasileiro da Série A.

    Talvez até tenhamos casa cheia. Os preços praticados pelo corpo de advogados das Laranjeiras nos ingressos são bem mais em conta que os da europeização smurfética. Pode ser que nosso lado não encha porque, afinal de contas, é Dia das Mães, o que é uma boa desculpa para a preguiçosa baianidade nagô da Nação Rio se manifestar. Como se alguém fosse ALMOÇAR com a mãe quatro da tarde.

    Fora isso, tem também o povo da Desculpa Oficial da Vez. “OS INGRESSOS ESTÃO CAROS”. Sim, porque eu já percebi que tem um povo que tatuou isso na pele e nem procura mais saber quanto tá valendo o ingresso.

    Em campo, parece que o gringo, estopim da reviravolta do episódio passado, que se encaminhava para uma catástrofe e terminou com uma romântica e alegre festa dos presentes descendo a rampa confiantes em um Novo Flamengo no BR 2014, está confirmado no elenco principal desde o início.

    Vamos pra cima delas. Assegurar que temos a intenção firme de engatar uma boa sequência de vitórias no campeonato. Ainda mais sabendo-se que os próximos dois episódios serão também em terras cariocas. Maracanã contra o São Paulo e Macaé contra o Bahia.

    Continuemos nossa saga pela disputa pelo título, por uma vaga na Libertadores e, dado o sabido equilíbrio da disputa tupiniquim, junto com os outros 18 times que fazem de tudo e suam litros em campo para evitar a descida para a série B.

    Não, o tio não errou os cálculos. Nós e mais 18. São dezenove agremiações lutando para permanecer na elite do futebol. O Fluminense já está garantido na Primeira Divisão de 2015. Isso independe de resultados obtidos dentro das quatro linhas.

    #DezenoveContraUm

     

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.