Google+

Urubu Camaleão

Olhando pros dois lados

Por em agosto 25, 2014

urubu_oie_25145216PZjhfSTJ

Rio de Janeiro. Floresta da Tijuca. Sob o sol inclemente do pré-verão carioca um gafanhoto repousa em uma faixa de terra, inconsciente do perigo que se aproxima. Um camaleão avança de forma imóvel, caso isso seja possível. O lagarto tem a capacidade de olhar para dois lados ao mesmo tempo. Seu cérebro recebe as duas imagens e vai separando e analisando ambas. Se um olho está fixo na presa, o outro gira pra outro lado, pesquisando se não há predadores que ameacem sua caçada e até sua própria vida. Não há. O lagarto concentra suas “duas visões” na presa poucos segundos antes do golpe final. Mortal. Almoço garantido. Sua pele escamosa, da cor da areia há poucos segundos, lentamente vai ficando em tom esverdeado, a medida que avança pela relva.

Opa… Perdão pelo momento Animal Planet. O tio não ficou gagá ainda e publicou artigo em site trocado. Mesmo porque nossa editoria tem um controle quase rigoroso e não deixaria tal erro ocorrer.

Foi só um jeito estiloso de introduzir as verificações sobre uma outra espécie de lagarto, que ora frequenta a porção intermediária da tabela do Campeonato Brasileiro. O Camaleão Rubro-Negro.

Nem adianta a gente ficar fingindo que já não andamos todos a lançar olhares de cobiça para a parte de riba da tabela. Ainda que nosso Comandante Luxemburgo nos aconselhe constantemente a ficar na nossa, focados na fuga do Grupo da Morte, nossa soberba, aliada à nossa natural superioridade nata em relação aos demais times envolvidos na disputa, não nos deixa não pensar em alçar vôos mais ousados. Ainda que estejamos camaleões, nossa natureza é mesmo a de urubus.

Claro que ainda estamos mais perto do Z4 que do G4, porém, o próximo confronto, apesar de ser fora de casa, é contra o último colocado. Não tem como não julgar possível arrancar mais três pontos nessa partida. Não bastasse isso, pra encerrar o turno no final de semana seguinte, enfrentaremos o Grêmio nos embalos de sábado à noite em um Maracanã muito provavelmente abarrotado e barulhento.

Olho no povo lá da parte de baixo e outro na nossa presa G4. Com mais seis pontos nas próximas duas rodadas, se eles acontecerem, o que é plenamente possível dadas as circunstâncias, e já dá pra focar o olhar totalmente em presas mais nobres e condizentes com nossos instintos predadores.

 

CURTAS

. O RIO QUE É BOM. Viaja pra cima, viaja pra baixo. Vê os recantos mais populares das cidades visitadas. Só se chega a uma conclusão. Bom, bom mesmo, é passar o final de semana no Rio. Por sorte, a tabela nos reserva só um jogo fora em final de semana, por mês, até o fim da coisa toda.

. BANDEIRA POPSTAR. Que a Chapa Azul faz lá suas lambanças é certo. Na visão do Tio, a contratação do Luxa, que se mete mesmo em decisões extra-campo, foi a tábua salvadora para os Smurfs. Agora, que o Tio Bandeira deu uns 644 autógrafos antes da partida de ontem, lá isso deu.

. A DOR DO FICO. Jogo da Copa do Brasil agendado uma semana antes. Não rolou tempo hábil para o garimpo de preços atrativos das passagens de avião. O Tio vai de Fla Sofá no jogo contra o Curitiba. Minha quarta falta no ano de 2014. Fazer o que?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.