NA WEB
    Google+

    Adeus, ano velho

    Por em novembro 6, 2014

    oie_0Q32jT5DefOo atlético-mg x flamengo derrota

    Compre os fogos, convide a família e os amigos e prepare a mesa de gordices, pois é dia de Réveillon! O ano rubro-negro acabou antes da hora, de forma bastante triste num golpe certeiro que deixou todo mundo sem acreditar no que estava acontecendo. Como mais uma daquelas ironias da vida, o Flamengo saiu da competição justamente no momento em que passou a olhar para ela como prioridade.

    Após a vitória no Maracanã por dois a zero, fiz questão de ressaltar que o duelo era entre dois times que já haviam feito milagre na Copa do Brasil. O outro alerta estava no fato de que o milagre atleticano contra o Corinthians tinha exatamente os mesmos ingredientes do confronto da semifinal contra a gente.

    Tudo bem que nada disso ganha jogo, mas também definitivamente não consigo gostar de time que joga a partida inteira se defendendo e apenas buscando contra-ataques. Uma vantagem só é vantagem se souber como lidar com ela, senão vira prejuízo. Tem horas que prefiro o Flamengo correndo atrás de três gols, do que administrando placar com diferença de dois.

    Desde o início sabíamos que, com as limitações que temos no elenco, não era muito provável irmos longe. Mas conseguimos! Estávamos ali contrariando expectativas, superando o Coritiba numa noite histórica, abrindo uma vantagem considerável contra o próprio Atlético-MG… E tudo conquistado com muito mérito, empenho e determinação dos jogadores e do Luxemburgo. É por tudo isso que, ao menos pra mim, as limitações não conseguem justificar a derrota por quatro a um. Poderíamos até ter perdido a partida, porque os caras de fato jogaram muito e também é preciso reconhecer isso, mas não a classificação.

    De qualquer forma, se é para falar de elenco, só espero então que a derrota e a totalmente infeliz eliminação sirvam para que o Flamengo trabalhe para construir um time melhor no ano que vem. De resto, agora é aguentar a longa ressaca até o final do Campeonato Brasileiro, que é quando efetivamente termina a temporada pra gente. Até lá, vamos acompanhar os próximos seis “amistosos”, porque apesar da enorme dor de cabeça, eu sempre estarei contigo, Flamengo.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.