NA WEB
    Google+

    Resoluções de Ano Novo

    Por em novembro 26, 2014

    oie_ZYQhRwdS8cTt

    Aproveitando a falta de assunto com as férias antecipadas do Flamengo, resolvi então fazer uma lista com 10 coisas para fazer e não fazer em 2015. Podem ficar à vontade para comentar cada uma, criticar ou inserir novas.

    Ps: Campeonato de pontos corridos é um saco.

    #VoltaMataMata

    Vamos a lista!

    10 COISAS PARA FAZER EM 2015:

    1- Negociar eternas promessas que nunca despontaram (Negueba, Muralha, Luiz Antônio, Mattheus etc.).

    2- Contratar jogadores bons e experientes, em vez de lotar o time de apostas.

    3- Menos volantes e mais meias armadores, criativos, com bom passe.

    4- Fazer uma boa pré-temporada, mesmo que tenhamos que jogar o Carioca com o sub-20.

    5- Investir pesado na base e na formação de atletas.

    6- Concluir o CT.

    7- Planejar e viabilizar a construção de um estádio próprio de pequeno/médio porte, que seja na Gávea mesmo ou em outro lugar.

    8- Manter o Luxa mesmo que a campanha no Carioca não seja das melhores.

    9- Focar todos os esforços em voltar para Libertadores em 2016.

    10- E o mais importante, equilibrar as finanças para fazer as duas coisas: montar um elenco forte e continuar pagando as dívidas.

    •       •       •

    10 COISAS PARA NÃO FAZER EM 2015:

    1- Renovar com Léo Moura e Chicão.

    2- Achar que o time é imbatível e que não precisa de reforços depois de ganhar o Carioca.

    3- Ficar pedindo a volta do Adriano Imperador.

    4- Criticar a diretoria porque não abre os cofres pra contratar um reforço de peso.

    5- Mudar de técnico a cada 3 derrotas seguidas.

    6- Escalar um time inteiro de volantes.

    7- Ficar pedindo que a torcida entube o ST sem receber nada em troca (esse é pra diretoria!).

    8- Trazer uns jogadores estrangeiros que ninguém nunca ouviu falar, tipo Erazo.

    9- Achar que Mattheus é jogador.

    10- Ficar satisfeito só de ter escapado do rebaixamento.

     

    É isso, galera.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.