NA WEB
    Google+

    Madureira chorou

    Por em fevereiro 22, 2015

    O tricolor suburbano até que vem se engraçando da maneira que dá no Carioqueta. Não é muito, mas obteve três vitórias nas últimas três rodadas, inclusive com algumas bem fáceis. Currículo bem melhor que os dos nossos adversários anteriores. Contra o Resende, por exemplo, contra quem nós quase nos complicamos, o Madureira botou três gols no balaio.

    oie_xPaGZqowtGox

    Claro que devem estar pensando grande. Em bater o Favorito Incontestável ao título. É… quem sabe não rola algum tipo de emoção meia boca lá no Raulino de Oliveira? Acredito muito nisso não. Se o jogo fosse no estádio deles talvez até o treco complicasse. Alguém aí já foi a jogo em Madureira? Recomendo. Emoções ímpares que já começam antes mesmo de chegar ao estádio. O mesmo era conhecido pelos frequentadores dos charmosos Cariocas de outrora como ‘o estádio difícil de entrar’. Como as normas de segurança que definem o ‘pode-não-pode’ das ‘arenas-não-fifenses’ parecem mudar ano após ano, pode ser que qualquer Carioqueta desses a gente atue novamente no Aniceto Moscoso (é isso?).

    Considero essa partida de hoje, para a qual vou sem o melhor dos humores e empolgação, a última da nossa pré-temporada. Semana cheia com estreia na Copa do Brasil na quarta e Maraca lotado (pelo menos do nosso lado) no domingo, quando vai rolar uma festinha básica de comemoração dos 450 anos do Rio de Janeiro. Ia ser no Vazião, aí o prefeito pediu pra ser no Maraca por conta da data festiva e ficou tudo acertado. A Nação fará a decoração e a animação da festa, o botafogo será servido e devorado para deleite dos convivas.

    Como atrativo extra, a festa será também a da despedida do nosso Capitão Léo Moura, que esta… Epa… Isso aqui não era pra ser o pré-jogo de Flamengo e Madureira? Até era… Mas o que há exatamente para falar antes desse jogo? Com um pouco de sorte dá no máximo um pós-jogo razoável. A minha particular fase da ‘confusão’ literária acaba nessa partida. Tenhamos todos um bom 2015. Como prega a sabedoria popular, o ano só começa mesmo depois do Carnaval.

    654273122-portela-faz-imponente-aguia-se-abaixar-em-alegoria-veja-3576277937

    Quanto ao Madureira, já teve que chorar no Carnaval por conta da Portela. Em campo a história vai se repetir. Tal qual a tecnológica e imponente águia fez na avenida, o time fez uma graça nas últimas três rodadas. Chegou a hora de chorar também.

    CURTAS

    QUER ME ENGANAR ME DÁ BALA. Ano eleitoral pode ter qualquer tipo de surpresa,  mas uma coisa é certa, sempre aparece alguém pra falar da construção do nosso estádio. Já estou literalmente careca de escutar esse blá, blá, blá.

    A ESPERANÇA É AZUL. Como dessa vez veio da boca dos Smurfs, e eles realmente têm feito as coisas de forma diferente dos anteriores, estou tentado a acreditar. Prometo que é a última. Vai que…

    COMO ASSIM? E esse troço do Erazo fazendo gol lá pelo Grêmio? Sinistro. Quando a gente diz que o Manto Sagrado pesa

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.