NA WEB
    Google+

    Papagaio, Mugni, intervalo, Paulinho e gol do Flamengo

    Rubro-Negro volta com 3 alterações para o segundo tempo e vira a partida no Maracanã

    Por em março 12, 2015

    E o Flamengo segue no ‘interessantíssimo’ Campeonato Carioca com sua interminável primeira fase de pontos corridos. Ontem, com certo sofrimento, o Mais Querido conseguiu bater o time do Volta Redonda por 2 x 1 (gols de Paulinho e Alecsandro) e chegar à segunda colocação da tabela. Como venho afirmando aqui desde o princípio, o Carioca serve como uma grande pré-temporada, na qual Luxa vem aproveitando bem e testando o que pode. Ora mexendo no esquema, ora testando peças para poder fechar um esquema principal e variações, além de qualificar o elenco para as competições que são os principais objetivos da temporada.

    flamengo mugniNa partida de ontem, o esquema adotado foi o 4-2-1-3. Com a contusão de Éverton e Arthur Maia, Eduardo da Silva e Lucas Mugni ganharam as vagas dos titulares e vão sendo testados, principalmente o argentino, que parece que vai ganhando as suas últimas chances e não vem aproveitando.

    O primeiro tempo foi sofrível. Com a participação nula de Mugni e Eduardo da Silva, os volantes Canteros e Márcio Araújo acabaram sobrecarregados, seja na função defensiva, quanto na hora de armar o jogo. Além disso, o lado esquerdo do ataque ficou enfraquecido e a saída para o jogo muito lenta e sem poderio ofensivo. Este esquema do Luxemburgo, depende muito da participação do 1, ou seja, o tão esperado camisa 10 e que até teve um bom começo de ano com a boa performance de Arthur Maia. A saída de Éverton também contribuiu para enfraquecer o time, pois a sua movimentação e participação oferecem boa escapada pela esquerda no ataque e ainda contribui para o fechamento no meio.

    Na segunda etapa, as mudanças feitas (inclusive de camisa) tornaram o time mais efetivo, com a presença de Paulinho no lugar de Eduardo e Alecsandro no lugar de Mugni. Com isso, o time passou a jogar com Marcelo e Paulinho pelas pontas e Gabriel, que fez boa partida, passou a ser o número 1 do esquema. Com boa movimentação dos elementos de frente, o time passou a dominar o jogo e controlar toda a partida. Como destaque, Paulinho que depois de 7 meses de lesão e recuperação, entrou sem sentir o ritmo, fez gol, acertou a trave e conseguiu boas jogadas ofensivas.

    flamengo volta redonda

    Um dos destaques negativos foi o  cansaço que aparentemente bateu em alguns jogadores no final do segundo tempo, tais como Canteros, Gabriel e Márcio Araújo. Uma das possíveis explicações para este fator, talvez tenha sido o fato de terem se desdobrado no primeiro tempo, para suprir a ausência de Mugni e Eduardo.

    Para a próxima partida, tentaria dar um descanso para alguns desses jogadores e aproveitaria para testar Jonas e o lateral esquerdo da base, Jorge, que foi inscrito nesta semana.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.