Google+

Que vença o melhor. No caso, o Flamengo

Por em abril 12, 2015

Acorda que o Estadual finalmente, enfim, aleluia e já não era sem tempo, começou nesse sábado com o o jogo entre fluminense e botafogo-campeão-da-Taça-Guanabara. Assim mesmo. Cheio de hífens condecorativos que é pro povo mimimizento não ficar de chororozice, arrastando correntes pelo Rio de Janeiro e ladainhando que “os urubus malvados não querem reconhecer nosso título, buáááá. O mundo não dá valor para a nossa Champions League, snif”. Pelo que soube por alto via Twitter, enquanto bebia e redigia saporra aqui em um boteco na Lapa, Frederico voltou atrás (sem duplo sentido) e fez gols no campeonato que “Tem que acabar… Tem que acabar…”

O adversário da nossa estreia nesse recomeço de Estadual não poderia ser pior. O Eurico prometeu e o resultado está aí. Estamos apanhando do Vasco até não poder mais em 2015. Todos nós menos o Anderson Pico, que no último confronto perdeu a finesse e largou a mão na cara de um bacalhau daqueles lá. Falando em Eurico, e sem tomar posição nenhuma a respeito do movimento que cito agora, muito emblemática a frase do Dom Charuton dia desses: “Quem é bom senso?”. Nunca tive dúvidas, desde a mais tenra infância, de que ele desconhecia o signicado disso.

oie_eJ5puECMmXdn

O Flamengo fez um treino fechado para a imprensa na manhã desse sábado. O Vasco fez um monte por quase toda a semana. Superstição é uma coisa, né?  Só porque deu certo no último confronto eles repetiram tudo de novo. Só resta esperar que o dilúvio da última partida não se repita, em detrimento da contribuição fundamental da poça-artilheira naquela tarde inesquecível. Pelo que ouvi falar, um monte de jogador nosso que estava no estaleiro vai estar à disposição do Luxa para esses primeiros 90 minutos decisivos. Boa notícia, principalmente após aquilo que a soberba e os 66 desfalques promoveram na última noite de quarta.

treino_flamengo_-_luxemburgo_gilvan_flamengoFalando em Vanderlei, sabiamente deu um bico na proposta do São Paulo, provando por A + B que ele não está simplesmente batendo ponto e esperando o dia do pagamento e o próximo feriado que nem eu faço aqui na firrrrrrma. Aquele papo do “pojeto do pofexô” é sério. Não só o dele como, ao que parece, o dos Smurfs, que andam mitando em QUASE tudo que fazem. Com uma ou outra pisada na bola. Natural.

E esse Carioqueta hein? É muito bom o presidente da FERJ baixar a bola e pensar nos caminhos que tá trilhando arrumando briga com o trem-pagador. Se os blues se revoltam e abandonam, aí o treco acaba de vez. Vide o público pífio do jogo decisivo entre o fluminense e o botafogo-Campeão-da-Taça-Guanabara. Menos de 20.000, segundo informações da minha assistente para números, Carina Cota. Apesar do público total ser melhor que no ano passado, graças ao Flamengo é claro, parece que 70% dos jogos dão prejuízo. Não tentar consertar isso é muita vontade de dar murro em ponta de faca. Como nossa cruz é mais leve que a dos outros, nosso lado no Maraca estará cheio hoje e abarrotado no próximo domingo.

Bom esse clima festivo do mês de abril com muitos jogos decisivos. Um ótimo aperitivo para o Brasileirão e um bom cartão de boas vindas para o Armero, que parece já ter chegado totalmente consciente de que o clima aqui é de otimismo, mesmo quando a situação não requer. Sério.  O cara viu o jogo contra o Nova Iguaçu e mandou na lata o seguinte: “É um bom time, que quer ganhar”. E isso é verdade. Agora, ou ele só viu os últimos vinte minutos do jogo, ou tá ligado que o bagulho aqui é levantar a cabeça e exibir toda a nossa superioridade mesmo em dias em que não se consegue fazer um gol em um time que foi rebaixado no Carioqueta.

flamengo-vasco

Bom jogo para todos logo mais. E que vença o melhor. No caso, o Flamengo.

CURTAS

EU ME DESENVOLVO E EVOLUO COM MEU FILHO. Não bastassem as broncas das Viúvas do Arthur e as chicotadas do meu editor, recebi um comunicado resmungão de que eu fui o principal responsável pela perda da Taça GB. Sorinzinho foi enfático em dizer que todas aquelas manchetes pré-comemorativas só podiam dar no que deu.

BOLA FORA. Sei lá de quem é a culpa, mas deveria ter rolado um sensato acordo para que os ST de Flamengo e Vasco, com ou sem desconto, pudessem comprar em seus respectivos sites os ingressos para os dois jogos da semifinal.

FLA MUSIC HALL. De: Flamengo Para: Vasco. “Quem perde sai… Fica só quem sabe jogar… Cada um que saiba de si… Pague e desocupe o luga…” (MATANZA)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.