Google+

Flamengo busca se reforçar na tabela

Por em maio 23, 2015

Tanto faz agora. Pouco importa se os reforços prometidos pelos Smurfs não chegaram. E antes que o Chato Policiamento Azul se manifeste arrancando as calças pela cabeça, tô pedindo nada não. Eles que falaram que pegaram sei-lá-quanto pra comprar sei-lá-quem. Acho muito mais grave o marketing-estátua e a falta de pulso pra botar o povo pra correr, que a eterna placa de “REFORÇO SÓ AMANHÔ pregada em algum canto da Gávea. Resumindo, confio nesse elenco aí. E mesmo se não botasse fé, é dever de todo torcedor do Flamengo, de forma irrevogável, ser tomado por um certo otimismo quando o dia do próximo jogo vai chegando. Qualquer que seja o adversário. Otimismo esse que deve se transformar em fé cega nas horas que antecedem a partida.

O time – os que entrarão em campo – com uma ou outra variação, é composto por nomes que já sabemos quais são. Nossa curiosidade toda recai sobre a disposição e atitude que esses nomes levarão para dentro do Manto Sagrado. Isso é tudo que há para se falar/esperar do lado de cá. A exceção fica por conta da possível entrada de Armero no início ou no decorrer da partida. Do lado de lá as coisas vão mais ou menos na campanha. Estão ali junto com a gente naquela região da tabela ocupada no momento por quem ainda não fez sua estreia de verdade no campeonato. Nem verifiquei, mas deve haver real possibilidade de uma entrada suntuosa no Z4, caso o Avaí perca o jogo. No nosso caso também, mas não quero falar sobre isso.

oie_HSlRSBZIUPvw flamengo grupo

Fora de campo o povo da equipe Avaiana de Florianópolis tá fazendo um início conturbado de campeonato. Marquinhos, o 10 deles, está prestes a pegar um gancho que pode chegar a uns 12 jogos. Deu uma joelhada em um adversário. E há antecedentes. O mesmo já foi punido por um soco na nuca de um outro coleguinha de trabalho,  pegando dez outros jogos de suspensão. E não é só. Eduardo Costa, que deve começar no banco, também anda enrolado por conta de uma animada discussão com Argel Fucks, técnico do Figueirense (é isso?). Ou seja, o povo lá tá mais tenso que siri na lata. Vamos tentar piorar essa tensão.

Além dos brigões de plantão, o Avaí passa por situação curiosa. Guilherme Santos chegou ao time não tem nem dez dias e já quer ir embora. O motivo?  Ao que parece, quer jogar sem disputar vaga. Parece coisa de quem não aceita perder. Como ele foi pra lá saindo do fluminense, isso pode explicar tudo. Enquanto eles andam justificando seu único ponto na tabela com vários “mas”, naquela história de jogamos bem mas a bola não entrou, íamos ganhar mas o goleiro deles pegou aquela bola e blá, blá, blá, do nosso lado só um grande “mas” emoldura nosso ponto solitário obtido nas partidas anteriores: achamos que o povo ia jogar bem… MAS isso não ocorreu.

Enfim… Modinha que sou… (Sim, descobri isso por um dos comentários no último post), tendo o hábito de só ir na boa e quando estamos dando show em campo, estarei lá na Ressacada aplaudindo nossa equipe ao final do jogo. Com qualquer resultado que aconteça. Como costumo dizer, o Flamengo perder não me dói,  o que me dói é quando o Flamengo perde e eu não estou por perto para aplaudir. Boteco do Fla assume sua versão Food Truck e vai até a paradisíaca Florianópolis, de onde esse que vos fala certamente sairá com mais um zero a zero no currículo.  Se é que vocês me entendem.

estadio-da-ressacada-a-espera-de-avai-e-criciuma--921594Acompanhem algumas imagens pelo Twitter, com a cobertura underground dos bastidores de mais uma aventura da Fla Mochila em terras distantes. @sorinmercio é meu nome por lá.

Hmmmm… Só um instante… Minha frase sobre sair no zero a zero tá me incomodando. Apesar de 99% dos frequentadores aqui do Boteco do Fla, incluindo grande parte da arcoirizada, ser composta por um povo sagaz e bem letrado, sabe como é,  sempre teremos aquele 1% com más intenções, prontos pra distorcer e fingir não entender as coisas. No último texto eu elogiei a diretoria e fiz algumas colocações sobre alguns pontos que julgo falhos. Choveu uma saraivada de pedras da parte das Smurfetes de Direita Radical, vendo no texto uma declaração de guerra à aldeia Smurf. Antes da chegada dos Azuis, vivemos SIM uma orgia de irresponsabilidade financeira/fiscal, DESDE SEMPRE, muito por conta de que o mundo assim permitia. Fui falar que devemos títulos à esse comportamento anômalo, aí já teve gente dizendo, mais uma vez, que eu queria a volta do bacanal. Logo… Melhor desenhar. O zero a zero a que me refiro passa muito longe da Ressacada. É referência às… Digamos… Belezas Naturais da cidade.

PETISCOS

“SABEMOS QUE DEVEMOS TREINAR COM SERIEDADE” – Zagueiro do Avaí ganhando o Nobel da Obviedade… Ou então querendo contar alguma coisa pra gente.

“COM ESSE FUTEBOL QUE APRESENTOU HOJE, O VASCO TEM CONDIÇÃO DE GANHAR DO INTER?” – Prêmio Sarcasmo do ano para um dos jornalistas na coletiva do Doriva após o jogo do Vasco na última quarta.

“AGORA QUE O FLAMENGO DÁ LUCRO, SÓ FALTA O BANCO DO BRASIL GANHAR A LIBERTADORES PRA MINHA VIDA FICAR PERFEITA” – Júlio, presidente vitalício da Fla Mochila, mitando nas palavras como de hábito.

MESA DA ARCOIRIZADA

VASCO – Tio Eurico indignado e cuspindo marimbondos porque o Grêmio fez uma proposta pro Doriva. Pode isso?

fLUMINENSE – Trocando de técnico já na terceira rodada. A fórmula número 1 do comportamento de equipes que acabam sendo rebaixadas. Povo confiando nos advogados… Só pra lembrar: Aqui no Boteco dá pra pendurar a conta. Só aqui. Lembrem que o dinheiro se foi.

BOTAFOGO – Pode parecer precoce, mas sabe que estou achando que o time do Renê Simões volta pra série A sem sustos?

MESA DA VIZINHA FALADEIRA

Não é querer me gabar não, mas o povo da Gávea podia pegar uma consultoria logística comigo e com meu povo nas viagens. Mengão vai e volta pra Florianópolis em vôos com conexão. Fazemos melhor que isso. E provavelmente mais barato também.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.