NA WEB
    Google+

    Somos todos Cristóvão

    Por em maio 31, 2015

    Primeiro pedir desculpa ao povo que teceu ácidos e justos comentários reclamando do post anterior. Realmente. Semana da chegada do Cristóvão e da contratação do Guerrero e a gente aqui no Boteco falando de Cartola talvez não seja adequado. Mas sei também que o povo há de perdoar e entender que foi inevitável. Uma questão de logística. A clientela aqui do Bar pediu, era obrigação da gerência atender, né?

    oie_fjIZqlPGXlBr cristovao flamengo

    Cristóvão Borges é o nosso técnico. Revogam-se as disposições em contrário. A saída do Luxemburgo ainda repercute nas redes sociais, bem como as preferências de uns e outros sobre o nome que deveria assumir a posição dele. Na minha humilde sugestão de bom comportamento, isso agora é um debate morto e enterrado. Apoio incondicional ao trabalho do novo comando. Sim, porque não é de bom tom aquele comportamento do tipo “eu não falei?”, em caso de um ou outro tropeço,   muito comum em boa parte da torcida. Mesmo porque nossa situação na tabela não é das mais confortáveis. Luxa acabou nos deixando na mesma região da confusão que nos encontrou na temporada passada. Não bastasse isso, nosso compromisso na rodada seguinte não é dos mais animadores, dado que nosso retrospecto jogando em Belo Horizonte contra o Cruzeiro não é exatamente muito interessante. Não há como saber se uma semana após a tragédia azul no jogo contra o River Plate, os ânimos dos mineiros ainda estarão abalados.

    Quanto aos nossos ânimos, mesmo sem ter sido uma boa partida essa de quarta contra o Náutico, diga-se de passagem um péssimo resultado, até que o povo correu um pouco mais que o habitual. Ainda que muitas vezes sem a participação da bola. Fora isso, e o que vou falar é um comentário muito pobre, perdemos chances claras de gol, um sinal de que elas foram criadas. Dados nossos pífios desempenhos nas três primeiras rodadas do Brasileirão, mesmo sendo muito pouco, já é alguma coisa.

    guerrero_flamengo_camisaFalando em chances claras desperdiçadas, Guerrero está chegando para tentar resolver essa questão. Apesar de, da última vez que verifiquei, estarmos falando do nosso time de FUTEBOL, consegui ver gente reclamando da contratação (??!!), com receio de que a chegada do nosso novo camisa 9 seja uma das “loucuras que não vamos fazer” sendo posta em prática pelos Smurfs. Olha… Os tempos são outros mesmos. Quando chega no ponto de um torcedor de FUTEBOL achar errado uma contratação que vem suprir uma carência da sua equipe, você percebe que tá ficando mesmo velho.

    Os Chatos Xiitas Azuis que me perdoem. Muitos podem até reclamar da contratação por conta dos argumentos do último parágrafo, mas… Mas… Mas… Campanhas consistentes, um ou outro jogador se destacando em campo, isso só pode ajudar no conjunto da obra. A questão é o inanimado marketing se mexer e capitalizar esses itens, de forma a devolver para os nossos cofres, se possível em maior quantidade, os recursos gastos com as “loucuras” feitas para melhorar nosso time de futebol.

    Aliás… Hoje o espírito de educador baixou aqui no Gerente do Boteco. Sobre o Guerrero. Muita gente gritando em CAPS LOCK nas redes sociais que a boa é secar a seleção peruana na Copa América para que o nosso Guerreiro Guerrero envergue o Manto Sagrado o quanto antes. Pô… Isso aí não tá direito não. É o tipo do pensamento inevitável que devemos deixar trancado lá no subconsciente. Como podemos estender o tapete vermelho de boas vindas pro cara, e ao mesmo tempo alardear em alto e bom som uma torcida contrária?  Fica feio, né? Ahn? Incoerente dizer isso aqui? Ah… Vocês acham mesmo que o Guerrero frequenta o nosso Boteco? Já os comentários nas redes sociais citando o cara…

    Perdão pela ausência das seções abaixo e por qualquer deslize acima. Acabei de escrever o texto duas da manhã. O treco sumiu no computador sem estar salvo e eu tive que redigir tudo outra vez.

    Ah… Nem falei do fluminense, né? Pois é… Não falei.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.