Google+

Segue a montanha-russa do Flamengo

Por em julho 13, 2015

Alguém anotou a placa? É, fomos atropelados no Maracanã pelo Corinthians. Sinceramente, por conta das ausências ofensivas do Sheik e do Guerrero eu não imaginava que venceríamos o jogo, mas eu esperava pelo menos um empate maroto. E na boa, as ausências não justificam em absolutamente nada o que aconteceu.

Digo isso primeiro porque os caras são lá da frente, e segundo que os que mais erraram ontem são do time titular então estariam em campo da mesma forma. E ainda por cima dentro de casa! 3 a 0 sem explicação ou justificativa. Ah, seria 3 a 1 se não tivessem anulado de forma errada o gol do Jonas. Que reconfortante… é, não.

capa_flamengo_corinthians_marcelo_02

A vontade que deu após o jogo estar praticamente definido no primeiro tempo, era aproveitar os 45 minutos extras que ganhamos para fazer algo a mais no domingo. Mas como eu sou meio doido, continuei assistindo bravamente, até que me deparei com um lance do Canteros que foi praticamente um símbolo do time do Flamengo na tarde de ontem: pisaram na bola. E pisaram feio.

É até difícil falar alguma coisa depois de uma partida dessa. Mas acho que o mais chato mesmo, pior até do que a goleada, é ver essa montanha-russa que estamos. Fica esse ganha e perde direto, onde não conseguimos emplacar nem uma série mínima de vitórias para nos afastar da zona de rebaixamento e trazer um pouco de paz. Sorte a nossa que tem time que consegue estar ainda pior.

Pode piorar? Claro que pode. Na quarta-feira teremos o jogo de volta da Copa do Brasil contra o Náutico e precisamos tirar a vantagem mínima conquistada por eles com o empate no Maracanã. Não atingir esse objetivo é basicamente encerrar o ano em julho, ao menos para coisas boas. Eu nem cogitava a hipótese do Flamengo não passar pelo Náutico, mas honestamente, o clima de montanha-russa dificulta qualquer pensamento muito otimista.

A verdade é que não dá pra prever em nada o que a gente vai encontrar. A vitória convincente contra o Internacional foi tão inesperada quanto o fracasso gigantesco de ontem. O Flamengo está tipo Kinder Ovo, cada jogo é uma surpresa diferente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.