NA WEB
    Google+

    Flamengo, Maracanã, público presente, milhões e milhões

    Por em julho 30, 2015
    flamengo

    O Flamengo é líder do Brasileiro e vem atropelando tudo quanto é time que encontra no caminho? Hmmmm… Não exatamente. Mas pelo menos vem jogando em altíssimo nível e deu uma aula de futebol no Serra Dourada no último domin… Eh… Bem… Acho que também não. Pouco importa. Em uma estratégia de marketing genial dos nossos sempre antenados responsáveis pelo setor, uma redução no preço dos ingressos, somada a um pacote de… Ahhh… A quem estamos querendo enganar?

    A Nação resolveu assumir o (des)controle dessa bagaça. Porque a gente é assim. Nosso Amor é puro, e de tão puro acaba parecendo até meio infantil. Lembra aquela sensação lá da infância de quando você pedia uma coisa sem muita convicção de ganhar… Mas seu pai e sua mãe te davam? Naquela hora a gente tinha a certeza absoluta de sermos criados pela Melhor Dupla Possível no Universo. Pois é. A gente repete a atitude com o Flamengo. Ganhamos bem do Grêmio, alcançamos uma vitória magra com um futebol um tanto quanto mequetrefe contra o Goiás. Tanto faz. Seis pontos na caixa em dois jogos. É quanto basta.

    torcida-flamengo

    Setores esgotados rapidamente, filas imensas nos pontos de venda, gente que você nem sequer lembrava que é Flamengo perguntando se há ingresso sobrando (???!!!), hashtags pululando aqui e ali nas redes sociais mostrando que todo mundo vai. Um todo mundo que dá até a impressão de ser algo um tanto maior que o Maracanã. Ah… E do meu ranzinza ponto de vista, o melhor de tudo, menos conversas sobre os tons azuis das eleições e mais papear sobre o time de futebol pelo qual temos a honra de torcer. Um bom sinal.

    Tá… Teve também uns trecos meio chatos e que não deviam acontecer. Caramba… Tacaram fogo em uma bilheteria (??!!). Isso não pode, né? Os caras lá do Consórcio estão empurrando a culpa para os cambistas. Tanto faz. Pra falar o mínimo, houve certo exagero no ato. Sem desesperos. Claro que a preferência da Nação é o Setor Norte, onde se localiza o epicentro da coisa toda. Mas a missão é justamente burlar a física comum e transformar uma construção circular em uma espécie de imenso Setor Norte. Dá pra fazer. E já foi feito inúmeras vezes.

    Norte, Sul, Leste, Oeste. Tanto faz. Tá com cara de que será Maracanã abarrotado. E nem ninguém vai poder fazer mimimi de que foi por causa do Guerrero. Claro e evidente que ele tem participação na série de eventos que tornaram possível o descontrole coletivo gerador da grande festa que faremos no domingo. Mas não é nada disso não. É mais simples. É FLAMENGO. Aquele fator simples e bonito. Duas vitórias seguidas e está feito. Vai todo mundo. Daí nem precisa de tanto Marketing Made in Harvard assim. Uma coisa puxa a outra e a Adidas que se vire pra produzir um monte de Mantos, fora todos os outros TUDO O QUE EXISTIR que faça alusão ao Mais Querido.

    torcida-flamengo-maracana-1979-1024x651

    Vai ser uma festa e tanto. Justo. Será provavelmente a cerimônia que irá comemorar a nossa suntuosa entrada na primeira página da tabela. Lugar que deveria ser o nosso habitat natural. Estaremos lá. Até mesmo os que não estarão lá. Vocês sabem muito bem do tipo de sentimento que estou falando. Público presente: Milhões e milhões.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.