Google+

No Flamengo, maldição da camisa nove chega ao fim

Por em agosto 2, 2015

Guerrero deu fim a maldição da camisa 9 no Flamengo. O número, que já foi usado por ídolos como Nunes e Gaúcho, caiu em desgraça por um longo período, e recentemente teve Deivid como representante de centroavantes que tinha a má sorte caminhando ao seu lado em relação ao gol. O sucesso relâmpago de Hernane, o Brocador, foi o respiro mais recente da camisa nove, negada por Vagner Love em 2012, quando o jogador preferiu a camisa 99.

capa_guerrero_flamengo_gremio_13

Antes de Guerrero, a camisa nove estava sendo usada por Alecsandro, que não caiu nas graças da torcida e foi negociado ao Palmeiras. Guerrero chegou, acabou com o caô com gols logo no início, e parece ter sepultado de vez a maldição recente. “É um jogador de muita experiência, um craque decisivo, impõe respeito e preocupação aos adversários. E confirma no campo. Vai continuar sendo decisivo”, comemorou o técnico Cristóvão.

Extra

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.