Google+

OPINIÃO: Arbitragem

Por em agosto 18, 2015

O espetáculo do futebol tem agora novos protagonistas, e não são os artilheiros ou ídolos dos clubes. O destaque tem ficado por conta da arbitragem. Erros recorrentes têm ilustrado às primeiras capas.

Uma das essências do futebol são os erros dos árbitros, que fazem parte do esporte, já que errar é inerente ao homem. Com o tempo, a maioria dos erros é esquecida, enquanto outros mudam o curso da história do esporte, suscitando debates até hoje. O futebol não pode ser vítima nem de árbitros fracos, nem de jogadores ou dirigentes indisciplinados. Bem como clubes e dirigentes são penalizados quando há um mau comportamento, é preciso que haja atuação nos erros escandalosos a cada rodada do campeonato.

Campeonato-Brasileiro-Palmeiras-Flamengo-HortaLANCEPress_LANIMA20150816_0044_53

A decisão de um ‘juiz’ de futebol define o destino e o andar de uma partida. Concordo que faz parte do jogo um lance duvidoso, uma falta mal aplicada, um erro que passa despercebido ao olhar de quem tem o apito (ou a bandeira). No caso de falhas quase que propositais e que interferem diretamente no resultado da partida, é necessário que clubes se posicionem junto às entidades de prática para que aquele mal profissional seja afastado de sua função. É preciso responsabilizar o arbitro da partida quando fica evidente o abuso de direito, ou até mesmo sua inépcia para o exercício da função.

Já que o avanço tecnológico segue valendo apenas para fora das quatro linhas, que ao menos sirvam para que as referidas entidades possam estudar uma maneira de capacitar ao máximo os profissionais que vão entrar em campo para definir o futuro de um clube. Ou até, quem sabe, comece a usar recursos tecnológicos como no tênis, vôlei, futebol americano etc.

E já que o futebol sempre foi uma caixinha de surpresa, tenhamos bom senso de que erros poderão existir. Alguns desprezíveis, porém, outros extremamente relevantes e que não podem ser ignorados.

Enquanto clubes atacarem uns aos outros, seguirão à beira dos erros, dando foco ao problema e não a solução. A rivalidade no futebol só deve existir quando se tem dentro das 4 linhas, onze contra onze. No mais, deveriam ser parceiros no espetáculo.

2 Comments

  1. Pingback: OPINIÃO: Arbitragem | Flamengo Blog

  2. Darren Timchula

    4 de setembro de 2015 at 00:49

    Palmeiras também reclama da arbitragem em derrota para o Goiás; Fla goleia o Avaí; SPFC segura o Joinville; Inter humilha o Vasco; Cruzeiro bate a Ponte; e Coxa e Sport ficam no zero!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.