NA WEB
    Google+

    Sport x Flamengo: vida que segue

    Por em agosto 29, 2015

    Quando entrarmos em campo, na arquibancada, no sofá e nos bares na tarde desse domingo, time e torcida viram a chave pela última vez entre Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Nossa eliminação precoce do caminho-mais-curto-para-a-Libertadores será página definitivamente virada, juntando-se a algumas outras histórias que não foram tão douradas quanto o Pensamento Azul planejou nas últimas eleições. Pouco importa agora. Já foi. Vida que segue. Outros campeonatos virão, outros futuros paradisíacos serão prometidos e não alcançados.

    Do lado de lá teremos um Diego Souza APARENTEMENTE mais calmo após o faniquito que deu no jogo do turno, uma partida horrorosa na qual o Flamengo tentou ser derrotado de todas as formas possíveis mas acabou, muito contra a vontade dos nossos jogadores, cedendo um empate. De uma forma geral até podemos dizer que o Sport-Campeão-do-Universo-Recife também anda bem mais calmo.

    Flamengo-Sport-FotoPaulo-SergioLANCEPress_LANIMA20150517_0230_52

    Após um começo arrasador de campeonato, onde chegou até mesmo a sonhar com seu primeiro título nacional, vem derrapando. Em sétimo lugar com 31 pontos e apenas 2 do G4, a equipe pernambucana não vence pelo Brasileiro desde o dia 19 de julho.

    Como o Flamengo até que vem tendo bom aproveitamento jogando fora, uma vitória só esbarra em dois problemas. Bloqueios nossos em duas questões. Fora a nossa sina de ressuscitar tudo quanto é time com retrospecto recente ruim pelo mundo afora, tem também esse troço de enfrentar ex-jogador, uma atividade que não nos agrada muito.

    Hernane tem quatro gols em seis jogos pelo Sport e vem crescendo muito na confiança do torcedor. O técnico ainda não declarou quem joga, mas em uma enquete, 72,6 % dos perguntados preferem o Broca como titular no lugar do André. Se eles preferem… Porque preferem… ou se é porque conhecem nossas sinas… Aí a gente nunca vai saber.

    oswaldo_flamengo_ninho_210815Vamos nós… Do lado de cá vamos ver a quantas anda nossa Guerrero Dependência. E é bom se curar mesmo disso. Lesões podem acontecer, convocações mil para a Seleção Peruana vão acontecer. Se bem que de todos os males, acho que a nossa Escanteiofobia Crônica é a que deve ter mais atenção por parte do Doutor Oswaldo.

    Ainda não sei quem entra com a ausência do gringo. A lógica indicaria o Kayke, mas pode ser que o técnico faça outra escolha. No primeiro jogo no comando da equipe já se mostrou inovador, escalando o Everton na lateral. Vamos aguardar.

    E tem aquilo né?  Nem adianta dizer que já não olhou isso porque eu sei que olhou. Sete pontos nos separam do G4. Apenas sete pontos. SE o time começar a apresentar regularidade, coisa que nem passou perto no primeiro turno, não é absurdo nenhum projetar isso.

    De forma diferente, o mais novo pateta que apareceu lá pela Aldeia Smurf, um tal de “biscoito”, já chegou falando mierda. Disse que o time briga por título nesse Brasileirão. Estamos 17 pontos atrás do líder. Também… O cara foi vice de futebol em 2005, ano de imensas glórias no gramado para o Mais Querido. Não se pode mesmo esperar declarações relevantes.

    flamengo2005-510x340

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.