Google+

Bem-vindo ao Flamengo, G4

Por em setembro 11, 2015

Se somarmos a velocidade do Éverton, Paulinho, Marcelo Cirino e Emerson Sheik, ainda assim não seria possível alcançar a rapidez com que o Flamengo conseguiu se superar no Brasileirão e recuperar, dentro de um sonho, um ano que parecia não ter mais muita coisa.

Mesmo que não tenha feito um jogo do mesmo nível dos últimos, o Flamengo soube aproveitar com total excelência as oportunidades que teve. O Cruzeiro dominou a partida no primeiro tempo, inclusive obrigando o Paulo Victor a mitar mais uma vez, porém foi o rubro-negro que foi pro intervalo com a vitória parcial.

time_flamengo_cruzeiro_100915

É aquele negócio… quando a fase é boa, tudo acaba dando certo. Já no fim da primeira etapa o Alan Patrick encaixou uma jogada com toque de calcanhar, recebendo a bola em seguida novamente pra acertar um chute brabo demais pro fundo da rede. Ou seja, só isso já valeu e salvou os defeitos dos 45 minutos iniciais.

Mas não foi apenas esse gol que mereceu atenção não. Na noite de ontem o Flamengo fez dois Golaços com G de G4. O segundo veio com o Luiz Antônio, que embora não venha entrando no time, depois de uma bola sobrada do escanteio, sem deixar cair, mandou um foguete certeiro de primeira.

Apesar de ter sido surpresa, olhando a temporada que vínhamos tendo até então, estamos hoje enfim em uma parte da classificação mais digna de Flamengo. A presença rubro-negra por ali melhora tanto o Brasileirão, que eu acho que devemos inverter a ordem dos fatores. Sendo assim, seja bem-vindo ao Flamengo, G4.

É claro que temos que comemorar, e muito. Mas a situação ainda está longe de ser concretizada. Estamos lá no momento por conta dos critérios de desempate e outros times estão próximos, então qualquer deslize na próxima rodada já pode inverter posições. O que agora não seria nada demais também, afinal o que importa é que a briga está aberta e mais real do que nunca.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.