Google+

Novo líder do NBB 8, Flamengo bate Franca e vence o sétimo jogo seguido

Beneficiado pela derrota do Paulistano para Rio Claro na sexta-feira, Rubro-Negro faz o dever de casa e vence o time paulista por 83 a 73 no ginásio do Tijuca, no Rio

Por em janeiro 16, 2016

Se não era fácil derrotar o Flamengo quando a equipe ainda estava se conhecendo, agora que o time carioca ganhou entrosamento e assumiu a ponta da tabela a tarefa se tornou ainda mais complicada. Sem perder desde o dia 10 de dezembro, quando foram surpreendidos pela jovem equipe do Pinheiros, os atuais tricampeões seguem embalados no NBB 8. Neste sábado, no ginásio do Tijuca, a vítima da vez foi Franca. Mesmo sem ser brilhante como na vitória sobre o Bauru no meio da semana, os donos da casa jogaram para o gasto e venceram por 83 a 73 (43 a 34). Novo líder da competição com a derrota do Paulistano para Rio Claro, na sexta-feira, em São Paulo, os rubro-negros chegaram à sétima vitória consecutiva.

O cestinha do Flamengo foi JP Batista, que marcou 16 pontos e ainda pegou nove rebotes. Marquinhos também se destacou e teve papel importante na vitória rubro-negra, convertendo 15 pontos e pegando cinco rebotes. Mas quem terminou como cestinha da partida foi o ala Scheneider, do Franca, com 25 pontos.

Embalado pelo barulho ensurdecedor do torcedor que mais uma vez lotou o ginásio do Tijuca, o Flamengo começou a partida 100km/h. Sem deixar Franca respirar e com um volume de jogo impressionante, os donos da casa fizeram 15 a 8 e obrigaram o técnico Lula Ferreira queimar seu primeiro pedido de tempo e mudar por atacado. Entraram Schneider, Matheus e Kurtz.  As mexidas funcionar, e a diferença caiu para um ponto. Foi a vez de Neto mudar o time praticamente todo. Apenas Marcelinho, que já havia entrado no lugar de Marquinhos, permaneceu. E foi dele a cesta de três que definiu a vantagem parcial de 24 a 20 ao fim do primeiro período.

nbb_flamengo_x_franca-6831

Se as mudanças do lado paulista funcionaram, as do técnico José Neto nem se fala. Assim como na vitória sobre Bauru, JP Batista e Ronald Ramon entraram bem no jogo, e a vantagem rubro-negro pulou de quatro para 11 pontos em pouco menos de quatro minutos. Sem o mesmo volume do final do primeiro quarto, Franca começou a desperdiçar um ataque atrás do outro.  O prejuízo só não aumentou porque o Flamengo ficou mais de dois minutos sem pontuar. Jerome Meyinsse acabou com a seca com dois lances livres convertidos.  Mas os erros continuaram, e nos dois minutos finais foram apenas mais dois pontos. Franca não aproveitou, e o primeiro tempo acabou com nove pontos de frente para o time carioca.

Disposto a ampliar sua séria invicta, o Flamengo voltou do intervalo a fim de liquidar a parada. E cinco minutos foram suficientes para a diferença que já era relativamente boa ficar ainda mais confortável. Com uma corrida de 14 a 6, a diferença chegou a 17. Assim como no primeiro tempo, Franca reagiu e a diferença caiu para 11. Neto voltou a mexer por atacado, mas desta vez as mudanças não surtiram tanto efeito e a vantagem de 11 pontos se manteve até o fim do período.

Franca voltou melhor para os últimos dez minutos e chegou a diminuir a diferença para apenas sete pontos, mas o time rubro-negro não estava disposto a ter sua série vitoriosa interrompida. Nem a falta técnica sofrida pelo banco do Flamengo ajudou o time visitante. Irregular demais, a equipe paulista não aproveitou o momento e permitiu que os donos da casa voltassem para o jogo. Liderados no período por Marquinhos e JP Batista, o Flamengo aumentou a diferença novamente para 12 pontos e depois só teve o trabalho de fazer o tempo passar, vencendo o jogo por uma vantagem de 10 pontos.

GE

One Comment

  1. Pingback: Novo líder do NBB 8, Flamengo bate Franca e vence o sétimo jogo seguido – Flamengo Blog

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.