NA WEB
    Google+

    Sobre futebol e ratos

    Por em janeiro 26, 2016

    A briga Flamengo x Ferj não tem data para acabar. Imagino que se tornará um imbróglio jurídico, com guerra de liminar, que irá se arrastar por muito tempo. Talvez a diretoria tenha perdido um pouco a mão no trato com os “ratos” da Ferj. Mas quer saber? FODA-SE! O lado negro não é nosso. Pelo menos tomamos uma posição contrária aos desmandos de Rubinho e Eurico. E com a força da nossa torcida e visibilidade que temos, não havia outra alternativa.

    Partindo daí, surgem outras preocupações. Tendo em vista o regulamento esdrúxulo do Carioca, o ego dos cabeças da Ferj e a forma como é feita a divisão das cotas de TV, é mais que certo que num primeiro momento vamos ser extremamente prejudicados. Não tenho a menor dúvida que no dia seguinte de qualquer ponto fora da curva do regulamento, sofreremos retaliações da Ferj e seus filiados. Dentre essas punições, a perda da cota de TV do Carioca e quiçá uma desfiliação.

    euricoerubenslopes

    A desfiliação seria uma perda histórica esportivamente, até que as defesas jurídicas sejam julgadas procedentes. Nesse meio tempo, estaríamos impedidos de jogar qualquer campeonato. Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores, e por aí vai. E ainda, num possível retorno, teríamos que voltar pela menor divisão. Ou seja, jogaríamos a série D do Brasileiro. Obviamente, com essas perdas esportivas, viria a queda acentuada de arrecadação.

    Hoje, li uma entrevista do presidente do Grêmio dizendo que caso haja um punição ao Flamengo, todos os clubes da Liga defenderão os interesses do Flamengo. Que seriam 15 clubes brigando contra a CBF. Realmente é uma atitude correta. Agora a pergunta que fica é: Quem será o primeiro a roer a corda? Até porque já sabemos como isso funciona! Engraçado o Grêmio ser esse bonzinho agora… Estou até hoje esperando uma ação conjunta dos grandes clubes, defendendo o título do Flamengo de 1987. No final das contas, depois que deu merda, virou um “cada cão que lamba a sua pica”. E nessa, estamos até hoje, quase 29 anos depois, brigando na justiça, contra um clube de SEGUNDONA pelo reconhecimento do título. E nesse tempo todo, não vi um clube entrar com ação conjunta pleiteando em favor do Fla. Pelo contrário, vi um São Paulo brigando pelo não reconhecimento de título do Mais Querido, em favor da tão famosa taça de bolinhas.

    Vi esses anos todos, os clubes do Rio, que jogaram o campeonato de 1987, não reconhecendo o título do Flamengo. Beira o ridículo, eu sei. O protagonismo leva a isso. Sempre tem alguém querendo tirar proveito do trem pagador.  No final das contas é cada um por si. Na hora que o barco afunda, todos brigam pelo colete salva-vidas.

    Esquecendo isso tudo e tendo em vista que somos todos Flamengo e vamos apoiar e brigar pelo clube, seja contra quem e quando for, só há uma coisa a dizer: #JuntosPelaPrimeiraLiga. Estaremos com o clube, apoiando qualquer decisão que tomar, defendendo o clube contra tudo e todos. Assim como fazemos até hoje pelo título de 1987. Esta na hora de voltar a abraçar o clube, e mais, esta na hora de voltar a abraçar o time. Sei que tem jogador que não merece vestir o MANTO, mas vamos aplaudir o MANTO, independente do jogador. Estamos reclamando muito e fazendo pouco. E me incluo nessa. Mas quer saber? Acabou. Sempre carregamos o clube quando ele precisa e dessa vez não será diferente! Esta na hora de começar carregar! Sempre abraçamos depois. Que 2016 seja diferente. Vamos começar de agora. Foda-se a CBF, Foda-se a Ferj!!! Mengoooo, TNC Eurico!!!

    Marcos Villafranca

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.