Google+

Alô, Flamengo. Brasileiro é obrigação!

Por em abril 25, 2016

Não, não é para dizer eu avisei…

Não é para falar que desde 2014 batemos na mesma tecla

Não é para mostrar os motivos de mais uma eliminação.

Infelizmente estávamos certos!

Venho batendo no Departamento de Futebol desde 2014, muito antes das Eleições, antes de verde e de azul, antes de tudo isso, eu já cobrava comando no futebol Rubro Negro. Além de cobrar o futebol, cobrava também, mais participação da Torcida, pois, ao meu ver, passamos a comemorar patrocínios, balanços, salários em dia… tudo, menos títulos e por incrível que pareça isso estava satisfazendo.

.

Já não satisfaz mais! na verdade nunca engoli isso, mas, ainda tem a galera que torce por superavit. Eu torço pelo Flamengo, Flamengo do povão, o Flamengo vencedor, o Flamengo de verdade. Diversos erros vem sendo acumulados, desde o inicio do ano, alguns repetindo, 2014 e 2015, outros mais atuais. Contudo quando batemos somos “menos” Flamengo, estamos torcendo contra, etc…

Nem vou falar dos erros e promessas não cumpridas. Quero implorar meu Flamengo de volta. Precisamos de pulso, precisamos de energia nas decisões do futebol, precisamos passar o rodo e não é só no elenco. Gerente de futebol que não tem culhão para domar jogador, não me interessa, Vice de Futebol decorativo, não adianta, precisamos de cobrança do mais alto escalão do clube, presidente, á torcida. O principal motivo OMISSÃO um finge estar tudo bem, o outro finge acreditar e bate palmas por migalhas, que são nada mais, nada menos do que obrigação.

Queremos um local para vermos os jogos no Rio;

Queremos os patrocinadores prometidos;

Queremos no mínimo 03 zagueiros;

Queremos um reserva para o Cuellar;

Queremos que o Jorge deixe de ser preguiçoso;

Queremos entender o porque de gastar dinheiro em um goleiro para ele ser reserva;

Queremos ver o rodo passar;

Queremos jogar no 4-4-2, não está no contrato a obrigação de jogar no 4-3-3;

O Brasileiro é OBRIGAÇÃO.

18_mhg_flamengo1

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.