Que saudade daquele Flamengo

Que saudade daquele Flamengo, o meu Flamengo

Não aquele Flamengo mágico, de Zico, Júnior, Leandro e cia

Esse, infelizmente, acho que nem daqui a 100 anos

Sou bem mais modesto

Saudade daquele Flamengo com alma, com raça

Daquela época que a gente não aceitava derrota

Ficava puto, brigava com juiz, saía na porrada

flamengo_1980

Saudade do Mancuso, do Fábio Baiano, do Beto Cachaça

Saudade do Renato Abreu, sim

Falem o que quiser, volta e meia o cara fazia umas merdas

Mas falta de vontade eu nunca vi

Acho que fiquei mal acostumado

Cresci vendo o Flamengo montar elencos horríveis

Quem não lembra do Irineu? Do Walter Minhoca? Do Josiel?

Jogadores que nunca mereciam vestir o Manto

Ironicamente, o time de hoje é pior

Não pela técnica, mas pela falta de atitude

Reflexo de uma diretoria que só quer saber de $$$

De um técnico turrão que não vê que seu trabalho está uma bosta

De um presidente que vem a público e elogia o trabalho do técnico

Saudade daquela época que a gente não tinha um CT cheio de equipamentos modernos

Que os jogadores não usavam GPS nas costas

Agora temos tudo isso

Só não temos alguém que coloque o pau na mesa

Que critique quando tem que criticar

Que cobre o time

Que chame a responsabilidade

Que traga os reforços que a torcida tanto quer

Saudade de ir trabalhar na segunda-feira com um sorriso de orelha a orelha

De levar o Manto na mochila

E passar na primeira banca pra comprar o pôster de campeão

De zoar e não ser zoado

Mata logo essa minha saudade, Flamengo!

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.