NA WEB
    Google+

    Vi Zico e joguei com Ele

    Por em maio 10, 2016

    O ano era 1976 e  meu pai vivia um drama, trabalhava durante todo o dia e via o seu filho mais velho sofrer todo o tipo de má  influência  futebolística de tios botafoguenses e tricolores. O menino, então com 5 anos, poderia descambar para o mau caminho da torcida arco-íris. Restavam ao meu pai os domingos! E foi em um domingo que o menino viu Zico fazer 4 gols no Fluminense. Ali  estava selado seu destino!! O menino era eu, e o meu destino era ser campeão de terra e mar!

    Corta para 1981! Antes do Flamengo  ser Campeão do Mundo naquele ano, meu avô materno, saudoso tricolor, sabendo da minha paixão pelo rubro-negro , me presenteou com uma visita à  “casa do pai do Zico”. Coisa de avô! Bateu à porta do Sr Antunes e contou que eu era um fã do filho dele. Fomos tão bem recebidos, que, até hoje, aquele presente pelos meus 10 anos ficou guardado na memória como uma das melhores passagens com o meu falecido avô.

    IMG-20160509-WA0057 zico flamengo

    Pois bem; essa semana eu, finalmente, realizei meu sonho e conheci o Zico. Passou pela minha cabeça que aquele cara é meu ídolo da vida inteira! Quantos botões eu tive com o nome dele, quantos mantos eu comprei com o número 10 em homenagem a ele, quantas quintas-feiras eu acordei cansado para as aulas por ter ficado ligado no radinho  ouvindo as resenhas depois das vitórias de quarta…com gols de Zico!

    Pensei em quanto eu sou privilegiado por ter um ídolo que nunca me decepcionou! E olha que eu sempre estive disposto a perdoa-lo… nunca foi necessário.

    Não apenas eu, mas todos os que estavam a sua volta, foram tão bem acolhidos e tratados pelo Galo, que não pude deixar de lembrar do que o Sr. Antunes fez por mim e pelo meu avô há 35 anos atrás. Tenho certeza que várias pessoas contribuíram na formação do craque Zico, mas foi o seu pai quem forjou o ídolo. Grande sujeito.

    Obrigado ao meu pai, por ter me levado a tantos jogos memoráveis e cultivado meu rubro-negrismo. Obrigado ao meu avô, pelo melhor presente de 10 anos que eu poderia querer. Obrigado Sr. Antunes, que grande ídolo o Sr nos deixou!

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.