Google+

Flamengo busca título, mas quer nove pontos por ‘Libertadores tranquila’

Por em outubro 19, 2016
gol_flamengo_fluminense_2

O Flamengo cumpriu o objetivo de garantir uma vaga na Copa Libertadores com a pontuação alcançada até o momento no Campeonato Brasileiro. Apesar de a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) ter retirado os três pontos da vitória sobre o Fluminense até a realização do julgamento no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), o Rubro-negro desconsidera a possibilidade de perdê-los.

A conquista do heptacampeonato é o objetivo principal, mas a luta pelo título até o final levará o Flamengo diretamente ao estágio desejado para uma “Libertadores tranquila”. Garantir uma vaga no G-3 é quase que uma obsessão nos bastidores do Ninho do Urubu.

Nas contas da diretoria, 69 pontos garantem o posto direto na fase de grupos da principal competição do continente. Baseado na recuperação dos pontos do clássico no tribunal, o Rubro-negro precisaria de mais três vitórias em sete jogos.

“Nós queremos o G-3. Temos a perseguição de outros clubes, principalmente o Santos, contra quem teremos um confronto direto. Confirmaremos a posição que desejamos quanto mais buscarmos o título. Estar no G-3 é uma grande vantagem para 2017”, afirmou o diretor Rodrigo Caetano, explicando.

gol_flamengo_fluminense_2

“O calendário ainda não saiu, mas os três primeiros colocados do Campeonato Brasileiro devem iniciar a fase de grupos da Libertadores apenas em meados de março. Isso nos dá tempo para organizar também a Primeira Liga e o Campeonato Carioca”.

Sobre a disputa com o Palmeiras e as polêmicas nos bastidores na reta final da competição, incluindo acusações entre dirigentes e pedidos de anulações de jogos, o executivo rubro-negro comentou.

“O Flamengo tem que cuidar de si. Não nos preocupamos com os outros. Se jogarmos com isso na cabeça, mesmo que não tão bem em algumas oportunidades, teremos a oportunidade de ultrapassar o nosso concorrente. Não podemos deixar é de fazer a nossa parte até o final”, encerrou.

UOL

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *