Google+

Réver deixa ansiedade para a torcida e diz que entrar no STJD “virou moda”

Zagueiro diz que elenco sabe da responsabilidade contra o Corinthians, no Maracanã, e critica postura dos clubes de tentarem anular partidas do Brasileiro

Por em outubro 19, 2016
rever_flamengo_internacional

Muito perto de voltar ao Maracanã, o Flamengo já vive, principalmente seus torcedores, a expectativa do jogo diante do Corinthians, às 17h, de domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Porém, a ansiedade é tratada com muita responsabilidade pelos jogadores, que sabem da importância do resultado positivo. Após o treino desta quarta-feira, o capitão Réver deixou claro que o grupo está muito concentrado e que só pensa em retribuir o carinho dos rubro-negros que prometem lotar o estádio.

– Claro que comentamos (sobre a volta ao Maracanã). Nada melhor do que você voltar a jogar em sua própria casa. Sabíamos que seria um ano de sacrifício, com muitas viagens, mas tivemos um equilíbrio e chegamos nesse momento brigando pelo título. O torcedor comprou essa ideia, e nada melhor do que retribuir esse carinho no domingo. No domingo tem tudo para que possamos fazer um bom jogo. Essa venda de ingressos tão rápida não é surpresa para nós.

Questionado sobre o pedido do Figueirense de anular a partida diante do Palmeiras, assim como fez o Fluminense contra o Flamengo, Réver se mostrou incomodado com a situação e disse que essa postura dos clubes mancha o futebol brasileiro.

– Acredito que virou moda, mas acredito que não pega. É um negócio muito ruim e que acaba manchando o futebol brasileiro. Na verdade, temos conversado sempre, sabemos que os erros vão acontecer. Nós erramos muito em campo, e o árbitro tem uma fração de segundos para decidir a jogada. Lógico que não queríamos erros que atrapalham quando você está perto de uma vitória, mas temos que respeitar. O ser humano está sujeito a erros. Tivemos uma reunião com diretoria e comissão técnica, e nós, jogadores, optamos por não tocar nesse assunto de novo. Jogador não tem que vir falar disso, temos o departamento jurídico para falar, já que eles têm mais conhecimento. O maior prejudicado é sempre o jogador. Temos que esquecer e continuar nossa caminhada. Estamos a quatro pontos do Palmeiras.

Rival de domingo

O Corinthians tem treinador novo e bons jogadores. Espero que possamos buscar a vitória, que é muito importante para nós.

Zé Ricardo

O Zé tem uma parcela muito grande no momento que estamos vivendo, apesar de toda a dificuldade e dos questionamentos a respeito de sua inexperiência entre os profissionais. Ele mostrou que é capaz. Não é surpresa nenhuma para nós esse trabalho dele do dia a dia. Sabemos da capacidade dele, mas ele gosta de trabalhar muito. Nada como estar surtindo efeito o trabalho dele.

rever_flamengo_cap

Mancuello no time

Jogador que no momento que precisou ele deu resposta de imediato. Fez boas partidas e gols importantes. É uma peça fundamental na nossa equipe, como outros. O Zé talvez esteja optando por jogadores de outras características. Se o Mancu começar jogando, tenho certeza que vai ser o melhor para a equipe. Acho que ele vai dar a melhor resposta, espero que ele possa render o esperado.

Bom rendimento sem o Maracanã

Acho que foi o fato de o Flamengo ter tido seu torcedor em todo canto. Isso facilitou bastante, mas conseguimos impor ritmo, independentemente de estar jogando no Rio ou não, principalmente contra equipes muito fortes. Acho que esse foi o diferencial em relação a equipes que não tiveram casa em outros Brasileiros.

Sistema defensivo

Acho que o sistema defensivo é lembrado nas derrotas, sempre é o culpado. Acredito que temos de procurar nos posicionar um pouco melhor e que as vitórias venham para que isso não aconteça mais. A derrota sempre acaba sobrando para zagueiros, conversamos sobre isso. Esperamos que domingo já mudem essa opinião que estão colocando que o setor defensivo não seja o mesmo.

Derrota no Beira-Rio

Diante do Inter, acredito que conseguimos fazer o mais difícil, que era sair na frente, já que a pressão que a partida colocava por si só. Acho que acabamos pecando um pouco na ansiedade de matar o jogo quando deveríamos ter tentado controlar a equipe do Inter. Geraria um desconforto, e os torcedores deles já estariam vaiando. Faltou um pouco maturidade, mas isso acaba acontecendo.

Flamengo trabalha com sete vitórias para ser campeão?

Não sou de fazer conta, mas sabemos que não há mais momento para perder pontos. Não é simples assim. Nosso maior objetivo é não perder pontos para podermos bater como campeões. Primeiramente, temos que fazer nosso papel. Tentar vencer nossas partidas e terminar o campeonato bem.

Frustração sem o título

Acredito que seria frustrante pelo momento. Seria sim pelo fato de estar tão próximo e por ter um elenco tão qualificado. Temos a obrigação de entrar e vencer sempre. Temos que entrar com tudo para mostrar não só ao torcedor do Flamengo que não desistimos. É tão pouco que falta para nos entregarmos.

GE

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *