Google+

Flamengo joga amanhã e eu vou pra lá…

Por em janeiro 13, 2017

Vocês gostam de música? Faço essa singela pergunta simplesmente porquê eu me amarro. Não consigo imaginar o meu dia a dia sem escutar algum tipo de música.

Sempre curti um radinho (sim, sou desses), porém, sei que atualmente o antigo radinho praticamente não existe mais. Hoje em dia, aplicativos como o Spotify, Apple Music e outros, são a atração da galera. E logicamente, minha também. Afinal de contas: sou Analista de Sistemas, e não acompanhar os avanços da tecnologia, seria uma incoerência grosseira.

Gosto de muitos estilos musicais. Até mesmo noticiários e debates. É legal curtir uma música, mas também é importante acompanhar o noticiário cotidiano da nossa cidade, do país e do mundo também.

Porém, existe um estilo musical que está comigo 24 horas por dia. Um estilo no qual, eu não preciso de letra escrita em encarte ou visualizar clipes na internet para aprender a cantar.

Estou me referindo aos cânticos rubro-negros. Sim. Às músicas do Flamengo.

Como não amar uma música cantada por João Nogueira que possui um dos versos mais bonitos que existem: “Flamengo joga e amanhã eu vou pra lá… Vai haver mais um baile no Maracanã …”

Muitos e muitos cânticos foram elaborados com o tema Flamengo. E Mesmo não tendo presenciado o #anomágico de 81, é impossível não pensar na emoção das pessoas que vivenciaram aquilo de perto, e hoje, ao escutarem Zézé Moreira cantar: “E agora como que eu fico nas tardes de Domingo sem Zico no Maracanã …”. Imagina a emoção dessas pessoas!!!

Claro que essas músicas, eu corri “atrás” para conhecê-las. Pelo hábito, sempre busquei novas músicas dos estilo que eu curto. E nesse caso: O Flamengo 🙂

Mas muito me emociona também, o canto popular. Aquele no qual eu cresci e que com ele eu aprendi a ser Flamengo. O canto da rua. O canto do Povo. Nele aprendi e amadureci o meu amor pelo o Flamengo.

O primeiro cântico que aprendi a gostar foi: “ O meu Mengão!! Eu gosto de você…”

Mesmo não frequentando o Maraca por causa da pouca idade, cantava essa música todos os dias. Fosse na casa, fosse na rua ou fosse jogando futebol.

Um pouco mais tarde, já frequentando o Maior do Mundo, me amarrava cantar uns funks adaptados pela galera Rubro Negra quando o Mengão metia gols. E eles eram: “Ah! Eu to malucooo!” e também tinha o: “Quer jogar! Quer jogar! o Mengão vai te ensinar!!”

A torcida do Flamengo é tão espetacular que ele bate palma pra ela mesma: “ôôôÔÔÔÔ que torcida é ESSA!” Isso é simplesmente sensacional. Quando o jogo é a noite então, os bandeirões e às luzes tornam à cena em apoteótica.

Outra musica foda (música não, uma onomatopéia), é aquela que eu escuto ao passar pela rampa do Maraca e ao sair do túnel, escuto a torcida que lá está, aquecer e entusiasmar quem esta chegando, com um empolgar de palmas: (pápápápápápápá)” e no final emendar um “Mengooooooooo…”

Em 2007, muito embalado pela arrancada sinistrona no Brasileirão, a massa Rubro-Negra, emplacou dois hits: “Vamos Flamengooooooooo, Vamos ser campeões vamos Flamengooo” e “Eeeeeeu sempre te amareeeei, aonde estiver estarei…”. Essas duas, eu me amarra cantar, quando ia para o Maraca de metrô, direto do trabalho e de roupa social. Já era o aquecimento para as partidas.

Diga-se de passagem, um dos dias que eu presenciei a massa Rubro Negra mais cantar antes/durante/depois em todos os tempos, foi justamente nesse ano, ao jogar contra o São Paulo no maraca à noite em um meio de semana.

Já no ano de 2009, cantei/vibrei muito nas arquibancadas ao som de “Vamos Flamengo, eu estou aqui e te sigo a todo ladoooooooooo…”

Delá pra cá, aconteceram muitas situações com o Flamengo. Algumas derrotas e muitas vitórias. Mas o que me resta de tudo isso, é pensar que eu eu jamais vou abandonar o Flamengo. E você leitor, pode ter certeza. Que a cantoria também não irá parar.

“UMA VEZ FLAMENGO, SEMPRE FLAMENGO…. FLAMENGO SEMPRE EU EI SE DER”

Saudações Rubro-Negras!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.