NA WEB
    Google+

    Vinicius Junior: Revelação da Copinha

    Por em janeiro 13, 2017
    real madrid

    A Copa São Paulo de Júnior é a competição de base mais famosa do Brasil. Vários jogadores de ponta do futebol brasileiro surgiram justamente na Copinha e ganharam renome internacional. Nomes como Neymar e Falcão surgiram e acabaram por fazer fama no mundo futebolístico. A edição de 2016 já trazem alguns nomes e pretendentes a ao cargo de revelação do ano. Contudo, existe um nome que acaba por ser unanimidade dentre não só os torcedores, como pela imprensa nacional e até internacional: Vinícius Júnior. O habilidoso e veloz atacante de apenas 16 anos já marcou 3 gols e deu 4 assistências. Além de mais dois gols anulados e outros lances plásticos.

    Iniciou o torneio no banco de reservas, porém, duas partidas seguintes conquistou a vaga de titular inquestionável. Vinícius vem chamando a atenção da mídia e clubes do exterior. Uma matéria divulgada pelo jornal espanhol “Ás”, aponta o Barcelona como sendo um dos clubes que já estão monitorando a jovem promessa. Com um contrato profissional já assinado e uma multa milionária de 30 milhões de euros, o Rubro Negro tenta se resguardar.

    Nas redes sociais (Vinícius Júnior entrou nos trending topics do Twiter, durante a última partida na Copinha) os debates se tornam cada vez mais intensos sobre o aproveitamento ou não entre os profissionais ainda esse ano. Na história do futebol, alguns craques estreiaram com apenas 16 anos (Messi e Pelé sendo os maiores expoentes) e até mesmo com 15 anos, caso de Maradona. Porém, esses são pontos fora da curva, pois se tratam de um dos 3 maiores expoentes do futebol mundial de todos os tempos. Essa transição deve ser feita de modo inteligente, para que não se perca o timing de lançamento da promessa entre os profissionais.

    Alguns casos no próprio Flamengo mostram como podem ser conduzidas de modo equivocado essa transição. Toda a geração campeã da Copinha de 2011 foi praticamente desperdiçada, após erro nessa condução. Adryan, uma das maiores esperanças, ainda se encontra no profissional do Fla, porém, sem maiores chances e com possibilidade de ser negociado ainda esse ano.

    Alguns dos exemplos mais recentes de sucesso foi o lançamento de Adriano, com apenas 17 anos. Apesar desse lançamento se tratar mais de um golpe de sorte. O então jovem atacante foi lançado sem algum tipo de planejamento e acabou por dar certo e até mesmo ser convocado para a seleção brasileira com apenas 18 anos.

    O caso de Vinícius Júnior deve ser muito bem estudado. O Fla negocia e busca no mercado com mais dois atacantes exatamente com o perfil de Vinícius Júnior. Em um ano com diversas competições paralelas, incluindo a tão desejada Libertadores da América, fica a dúvida: apostar ou não no habilidoso e rápido atacante?

    Acredito que uma integração com os profissionais poderia ser feita ainda esse ano. Longe de considerá-lo uma peça chave no esquema, apenas dando um contato inicial com profissionais que já passaram por essa situação, caso de Juan e Diego, lançados com 17 e 16 anos, respectivamente. Além de ser lançados em jogos mais tranquilos, como os que será disputados no Campeonato Carioca e na Primeira Liga.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.