Google+

Flamengo começa a temporada no Sábado

Por em janeiro 26, 2017

No próximo final de semana, a pré-temporada deixa de ser notícia para os torcedores do Flamengo e poderemos finalmente ver a estreia do time em competições oficiais. Tem início o Campeonato Carioca 2017, debaixo de muita polêmica e indefinição de locais de jogo, por conta do imbróglio sobre a gestão do Maracanã. Por conta disso, a estreia do Mais Querido se dará na Arena das Dunas, em Natal, contra o time do Boavista.

A temporada de férias e treinamento do Fla foi cercada de especulações (como sempre) e marcada pela derrota no primeiro amistoso do ano, contra o Vila Nova, no último Sábado. Criando expectativas, pela participação do time na Libertadores da América, após bons jogos no Brasileiro passado, os torcedores viram em campo durante o amistoso, uma réplica do esquema do ano passado, que parece que perdeu forças nas últimas rodadas do Brasileirão. Jogando no primeiro tempo com praticamente o mesmo time base do ano passado, o Rubro Negro não teve um bom rendimento. A única novidade foi a inclusão do argentino Mancuello no lugar de Gabriel. Escalado com: Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz, Jorge, Márcio Araújo, Arão, Mancuello, Diego, Éverton e Guerrero, o Fla pouco criou na primeira etapa e viu apenas alguns lampejos através do lateral esquerdo Jorge e do argentino Mancuello. Muito pouco para quem terá um ano muito duro e competitivo. Contudo, temos que levar em conta o pouco tempo de preparação e saber que as condições físicas da maioria estão longe das ideais.

Mesmo sabendo que os reforços ainda não puderam ser utilizados (apenas o peruano Trauco foi lançado na segunda etapa), a torcida espera desse ano um time com maiores variações táticas. Talvez essa seja a segunda maior queixa de grande parte dos torcedores. A primeira reclamação deverá ser sanada já a partir da estreia do volante Rômulo, no lugar do contestado Márcio Araújo.

O esquema 4-3-3, com a participação intensa dos atacantes de beirada de campo parece um pouco saturada e marcada pelos adversários. A entrada de Mancuello jogando pelo lado direito durante o primeiro amistoso, no lugar do atacante Gabriel, deu maior qualidade e criatividade. Porém, sobrecarregou o esquema defensivo, uma vez que a recomposição do argentino é consideravelmente mais lenta.

Com a expectativa da estreia do argentino Darío Conca, o esquema deverá ser mexido pelo técnico Zé Ricardo, para acomodar Conca e Diego no mesmo time. Talvez seja o momento de variar e testar durante o Estadual, para que quando chegar a Libertadores da América, tenhamos variações táticas e possamos surpreender os adversários.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.