NA WEB
    Google+

    Ano mágico enfim começou?

    Por em janeiro 29, 2017
    guerrero

    O “ano mágico” do Flamengo enfim começou oficialmente e mesmo sendo o carioqueta uma competição abaixo da crítica, o Mais Querido mostrou que nem todo Peru morre de véspera. Depois de dois amistosos que ouriçaram os críticos de plantão, uma semana nas páginas policiais e a venda do nosso jovem lateral, o Peru, ou melhor, o Flamengo, deu um basta mesmo que momentâneo, nos mimimis que se arrastavam desde 2016.

    A começar pelo banco, Zé Criticardo vetou o desafeto da torcida, variou o esquema e mostrou que é sim gente grande que pensa grande. Na lateral esquerda menino Trauco não deu brecha para a saudade se instalar e estreou com gol, duas assistências e entrosamento com o Peruano mais famoso. Se os corações estavam partidos com a partida do Jorge, Trauco tratou de cicatrizar a ferida e mostrou que apesar das falhas defensivas pode substituir em alto nível nosso menino mais promissor.

    Vaz, Arão e Adryan destoaram do restante do time que teve enfim no meio a saída do perseguido Marcio Araújo. Mancuello subiu de produção quando Adryan saiu e o pretinho francês entrou para surpreender na dupla com Pará.
    O incansável Diego fechou a goleada que teve dois testaços de Guerrero. Mesmo sendo apenas um aperitivo, foi animador o começo. O trabalho está no início, ainda temos peças novas para lançar e jogos muito mais difíceis para enfrentar. Mas como profetizou Diego na saída de campo, quando se mantém a base de jogadores e o treinador, ganhamos em entrosamento e nas possibilidades de crescimento. Que assim seja e que a magia nos leve aqueles sonhos grandes.

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.