Google+

Mixórdia Rubro-Negra 3

Por em fevereiro 8, 2017
flamengo arena da ilha

Semana passada, por motivos de força maior, a Mixórdia ficou em falta com a galera, mas já voltamos para falar de tudo um pouco…

Barbas de molho

O ano começou bem! O time entrou voando no carioqueta! Nada parecido com o que vimos nos amistosos da pré-temporada. Estavam escondendo o jogo?

O grande destaque é Mancuello! O Hermano está jogando o fino da bola!

Já andam lembrando de Cirino, que se destacou no campeonato do “me engana que eu gosto” e depois… bom, depois todo mundo já sabe.

Obviamente a qualidade técnica de Mancuello nem se compara ao do “corredor” Ciríno. No entanto, também é óbvio que o jogar contra os pequenos do Rio não é referência para ninguém.

Vamos deixar as “barbas de molho” e aguardar os clássicos. Pelo menos ganhar do “vice da colina” é uma obrigação!

Arena na Portuguesa da Ilha

Cresci ali ao lado da Associação Atlética Portuguesa, no bairro de mesmo nome. Frequentei muito o clube: shows, patinhouse (estive na inauguração), aulas de educação física, natação e escolinha de futebol. O primeiro jogo de futebol que assisti na vida foi lá, no “estádio dos ventos uivantes”, até joguei lá, vejam só…

Acho que foi ótima opção para o Fla fazer uma casa provisória, enquanto não se resolve a confusão que os nossos governantes canalhas promoveram. Não podemos nunca esquecer que no Maraca, está a verdadeira casa do Flamengo!

Óbvio que os moradores estarão preocupados com a confusão que pode se instalar no bairro que é bastante tranquilo, bom pelo menos era, já não ando por lá há quase 20 anos.

Aos rubro-negros não cabe “jogar pedra” nos moradores (destaque para as aspas). Na minha opinião eles estão no direito deles de se preocuparem.

Uma grande ajuda que podemos dar é ter um comportamento civilizado quando estivermos por lá. Quem sabe poderemos com isso mostrar como somos ainda maiores e até podemos fazer um Estádio na nossa segunda casa, a Gávea…

Vai e vem…

Foram muitas as contratações para essa temporada. Zé Ricardo terá muita “dor de cabeça positiva” para montar o time, o que é ótimo! Destaque até aqui para Trauco, o Peruano mostra que cruzar na área corretamente é uma coisa que ainda existe no futebol.

Agora pensar que estamos renovando com Gabriel dois anos e renovamos com “Marssaraújo” também, é difícil de entender. Mas vamos lá, ver no que vai dar.

Para quem estava preocupado com um goleiro reserva, penso que a opção por trazer César de volta é uma solução “caseira” inteligente e positiva. César, que passou por todas as seleções de base, pode render muito mais com um time estruturado e sem uma pressão enorme pela falta de qualidade geral.

Dura lex, sed lex

Na semana passada não deu para comentar, mas foi triste rever o Flamengo nas páginas policiais mesmo que indiretamente.

A prisão do vice de futebol, aparentemente, envolvido em esquemas de Eike Batista, obviamente denigre a recente imagem que o clube tem lutado para construir.

Parece que houve gente que relutou, mas o afastamento imediato do cartola foi providencial, necessário e correto!
Esperamos mais cuidados de quem comanda o clube, nessa e em futuras administrações, na hora de escolher os nomes que representarão a instituição.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.