NA WEB
    Google+

    Sobre o San Lorenzo

    Por em março 1, 2017

    Enfim é passado o Carnaval. Como todo brasileiro já deve ter escutado, agora é hora do ano começar. Essa máxima serve também para o futebol do Flamengo em 2017. Após um excelente início de ano, vem aí a tão desejada Taça Libertadores da América. Com um grupo complicado, que conta com a presença do San Lorenzo (Argentina), Universidad Católica (Chile) e Atlético Paranaense (Brasil), a batalha começa no próximo dia 08 de março, no gramado do Maracanã.

    Contudo, o que esperar de nosso primeiro adversário no torneio, o time do Papa Francisco: San Lorenzo?

    O campeão da Libertadores de 2014 apresenta alguns problemas no início de 2017. Treinado pelo conhecido técnico Diego Aguirre (que em bandas brasileiras já trabalhou no Atletico Mineiro e Internacional), o San Lorenzo ainda não realizou nenhuma partida oficial, devido a problemas no calendário argentino. Como retrospecto, foram 7 partidas amistosas com 2 vitórias, 3 derrotas e 2 empates. Nada que empolgue muito os torcedores argentinos.

    Em 2016, o time alcançou o vice campeonato nacional. Porém, perdeu peças importantes no elenco: o lateral esquerdo Emmanuel Mas (titular da seleção argentina) foi negociado com o futebol turco e agora defende o time do Trabzonspor. Outras duas perdas importantes foram as saídas do meio Blanco (negociado com os Estados Unidos) e atacante Cauteruccio (negociado com o México).

    Além dessas perdas, parece que o departamento médico argentino vem tendo bastante trabalho. Os meias Belluschi e Ortigoza, importantes homens de criação, sofrem com problemas musculares, mas já voltaram aos treinos. Outras baixas importantes foram Ezequiel Cerutti (distensão muscular sofrida no dia 18 de fevereiro), o goleiro Torrico (tendinite no braço) e Angeleri (desconforto muscular) e estão voltando aos poucos, adquirindo ritmo, o que pode ser um fator a ser explorado pelo Fla.

    Para o reforço do elenco, a diretoria trouxe o atacante Ruben Botta e o veterano Bergessio. Este último já teve uma passagem pelo time do San Lorenzo e vem jogando bem os amistoso. Joga no ataque, seja centralizado ou pelo lado esquerdo. Nos últimos amistosos, já marcou 3 gols.

    A base titular do time é: Sebastián Torrico, Paulo Diaz, Marcos Angeleri, Matías Caruzzo, Lautaro Montoya, Franco Mussis, Néstor Ortigoza, Fernando Belluschi, Bautista Merlini, Rubén Botta e Nicolás Blandi.

    Ainda em busca da melhor formação tática, Diego Aguirre terá o primeiro confronto oficial na próxima sexta feira, contra o Belgrano, pelo Campeonato Argentino. Este jogo será uma excelente opção para a observação de nosso primeiro adversário, rumo ao Bicampeonato da Libertadores da América.

    2 Comments

    1. marko antônio almeida da silva

      1 de março de 2017 at 17:25

      fl

    Leave a Reply

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.